Translator

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

sábado, dezembro 31, 2011

CANDY McKENZIE
























--------------------------------------------------------------
Em memória de Candy McKenzie (1953-2003),uma grande vocalista do revestimento protetor do reggae do Reino Unido. Embora não reconhecida na música pelo grosso da população, qualquer um que conhece a música do reggae,principalmente dos anos setenta, reconheceria o estilo vocal inconfundível de Candy. Trabalhou com algumas das grandes legendas do reggae como Keith Hudson, Bob Marley & The Wailers, Lee´´Scratch´´ Perry, Aswad, Delroy Washington(no disco clássico ´´Rasta´´), The Congos, George Oban,Rico Rodriguez e mais alguns artistas. Igualmente Candy McKenzie trabalhou com um bom número de artistas do blues, jazz/fusion, funk, soul, house e música pop como Gary Moore, Go West, Leonard Cohen,Osibisa, etc.. Também no reggae Candy gravou seu próprio material solo, alguns singles,músicas como ´´Remind Me´´,´´The Last Word´´,´´Thinking of You´´,´´Honesty´´,´´´Breakfast in Bed´´ e ´´Disco Fits´´(produzidas por Lee ´´Scratch´´ Perry no seu estúdio Black Ark),´´Africa´´,´´Can´t you See´´,´´Treasures of The World´´ e várias outras...
Foi lançado em 2012 o álbum Lee ´´Scratch´´ Perry Presents Candy McKenzie pelo selo Trojan,contendo vários de seus hits..
Todos os membros de sua família e amigos sentem muito sua falta, mas sua música viverá para sempre.....
-------------------------------------
DISCOGRAFIA
  Candy McKenzie - Lee Scratch Perry Presents (2012)

Compilations
---------
Long Enough (as Candy Mackenzie)
------
Lee Perry - The Return Of Sound System Scratch - More Lee Perry Dub Plate Mixes And Rarities 1973 To 1979 ◄ (3 versions)
Pressure Sounds 2011
-------------------------------
Postado por JAHMAN

GLEN BROWN






















--------------------------------------- ------------------------------------
Glen Brown ,nascido Glenmore Lloyd Brown na Jamaica,também conhecido como "'God Son'" e 'The Rhythm Master ", é um cantor jamaicano , músico multiinstrumentista (toca inclusive a melódica,á la Augustus Pablo,além da guitarra e percussão) e produtor musical , atuando principalmente nos gêneros de reggae e dub.
Glen Brown começou sua carreira musical nos anos 1960 como vocalista com o grupo de jazz de Sonny Bradshaw 's, posteriormente gravou duetos com Hopeton Lewis , Lloyd Robinson e Dave Barker para produtores como Duke Reid e Sir Coxsone Dodd.  No início dos anos 1970,Glen começou a trabalhar como produtor, inicialmente para o rótulo Shalimar,  e gravou faixas com influência da melódica de Augustus Pablo, como a canção de 1972 "Merry Up". Glen também gravou para Prince Buster , Leslie Kong e Derrick Harriott . Glen formou duas gravadoras: Pantomima (ou Pantomima), e South East Music,e produziu faixas para U- Roy , Gregory Isaacs , Big Youth , I-Roy ,Prince Jazzbo, Johnny Clarke , Lloyd Parks , e Little Roy . Devido a fundos de reserva baixos, seus primeiros lançamentos foram prensadas em séries limitadas , mas desde então se tornaram mais amplamente disponíveis em compilações diversas, tais como The Way To Mount Zion (com material do período de 1969 a 1976), e  Termination Dub ( com material gravado com King Tubby entre 1973 e 1979). Todas as trilhas no seu disco clássico The Way to Mt.Zion foram escritas e produzidas por Brown durante a altura de sua carreira,1969-76, e todas as faixas mostram suas habilidades maravilhosas. Conhecido mais por seus instrumentais, Brown flexiona seus vocais emocionais em muitas das canções aqui, primeiro ser o corte do título, metais imperiais que combinam a melodia impassionais, Brown para criar uma mistura bem sucedida de Israel Vibration e The Abyssinians. Começa inovativo em "Why People Mumbling?"jogando em um repetido vocal  funky ´´ha ha ha ha ha´´ , efeito do divertimento, equanto isso em "Clensiness Dub ,um dub limpo e épico do Sylford Walkerd “e Cleanliness Godliness”, não é menos eficaz. "Molasses", "Sweet Sweet" e "Sounds of the time" ” entrementes na melódica com linhas baixas ricas que poderiam fàcilmente ser usadas no dancehall de hoje. “Lambsbread” e seu dub, deve-se anotar, não é a faixa de Sylford Walker que Brown produziu, mas sim uma canção própria que Brown canta no seus próprios estilos. Quando cada faixa não for estrelar, The Way to Mt.Zion é modelo para a maneira como as raizes devem soar.
 Participaram do disco músicos capacitados como Sly and Robbie, Earl Wya Lindo, Carlton Barret e Aston ´´Familyman´´ Barrett,e muitos outros..
Outro disco de Glen ´´Termination Dub´´é um clássico inacreditável do Dub, e contou com músicos de primeira linha,como os irmãos Barrett,do The Wailers,e outros membros da banda de Bob Marley..
Embora tivesse menos golpes de sucesso na segunda metade da década de 1970, ele manteve seu perfil com sucessos de nomes como Wayne Jarrett e Sylford Walker .Em 2000 Small Axe e Terminal Head remixaram o trabalho de Brown para o lançamento de um single, que incluiu remixes do artista companheiro do reggae , Yabby You . Em 2002, o single de Glen Brown produzido por Ras Kush , "We Dem A Watch" , foi o primeiro lançamento pelo selo New York's Black Redemption..
Glen tocou guitarra nos discos e produziu artistas como Sylford Walker,Welton Irie,Prince Jazzbo,Tapper Zukie,Tommy McCook e muitos outros..
Glen Brown atualmente reside em Nova York,e continua na ativa..
-----------------------------------
DISCOGRAFIA

Partial album discography

As musician

  • Glen Brown Sings, Melodica Talks (Number One Sound) (1988, Pantomime Records, PRLP444)
  • Glen Brown Plays Music From The East (1990, Fashion)
  • Mike Brooks and Glen Brown Meet Rhythm Foundation ina Sound Clash (1990, Rhythm Foundation) with Mike Brooks
  • Cotton Style (1990) South East - with Joseph Cotton, credited to 'Joseph Cotton and the Lord Son'

As producer

  • Double Attack: The Original Pantomime DJ Collection 1972-74 (Greensleeves)
  • Boat To Progress: The Original Pantomime Vocal Collection 1970-74 (Greensleeves)
  • Check the Winner: The Original Pantomime Instrumental Collection 1970-74 (1989, Greensleeves, GREL603), (1990, Shanachie, SH 47007)
  • Horny Dub (1989, Grounation)
  • Dub From The South East (1991, Pantomime Records, PRLP02)
  • Termination Dub - Glen Brown and King Tubby (1996, Blood & Fire, BAFCD015)
  • The Way to Mount Zion (1998, ROIR, RUSCD8215)
  • Rhythm Master Volume One (2004, Hot Pot, HPCD1001)
  • Rhythm Master Volume Two (2005, Hot Pot, HPCD1003)
  • Green Bay Killing (Pantomime)
  • Dirty Harry - Version Excursion (Hot Pot)
  • Ghettoman Corner - Welton Irie (Pantomime)
http://en.wikipedia.org
-----------------------------------------------------

http://www.roots-archives.com/

Releases

[Sort by Title  Date]

Productions

BRUNO BLUM





















------------------------------------------------------------------------------
Bruno Blum é um produtor ,cantor ,compositor, guitarrista e músico francês em atípico, apelidado de "Doc Reggae", nasceu em 4 de outubro de 1960. Conhecido principalmente por seu trabalho na área do reggae, ele também tem atividades como cartunista, ilustrador, pintor, fotógrafo, escritor e palestrante. Primeiro francês que publicou registros de Afrobeat , bem como dub , ele lançou vários álbuns de músicas com estilos muito diferentes. É particularmente conhecido por seu trabalho com o The All Stars Asmara,muito elogiado pela imprensa européia , e os três álbuns de reggae de Serge Gainsbourg , que ele tem novas combinações, versões dub e DJ em 2003 e um novo mix do álbum ao vivo no Le Palace Theatre em 2006. Apresenta-se regularmente no palco como cantor e guitarrista de rock e reggae, em toda a França dá palestras sobre a história do reggae , a música africana e outros tópicos relacionados ao blues e a cultura do rock. Suas palestras de reggae vem acompanhadas de sua exposição fotográfica sobre o reggae . Além de suas reedições de gravações documentadas, livros de referência sobre a sua música, de estilo vivo, e muitos dos que têm autoridade, o sucesso de sua música ´´War´´ de Bob Marley, gravada com os The Wailers para garantir algum reconhecimento internacional. Ele também dirigiu vários documentários de TV, música clássica, e do artista jamaicano Tenor Saw.  Ocasionalmente gravava canções como  Et moi et moi etc. , I Feel-Like-I'm-A-Fixin'-To-Die Rag ou o sucesso pastiche Viens fumer un p'tit joint à la maison e canções satíricas como Ça bouge (sur la place Rouge) , a maior parte de suas composições com essa metáfora, usando palavras em ambas as direções . Bruno Blum cria um universo repleto, tingido, denso, com humor, onde sua arte gráfica complementa a sua música inspirada por aqueles da Jamaica, Nigéria e Estados Unidos. Influenciado pelo espírito de compromisso e seu análogo elétrico, autêntico de 1970 , ele justapõe estilos diferentes, com uma eclética real, todos baseados em sua obra multifacetada. Alternando blues ,dub (que muitas vezes mistura-se com mixers analógicos ), rock, jazz, afrobeat, reggae, etc. ele toca uma música orgânica, tocada sem máquinas de garantia, por músicos vivos, mantidos tocando a céu aberto. Ambientalista, vegetariano, ele vive sem drogas químicas ou álcool há mais de 20 anos. Bruno é independente, e sempre financiou seus próprios registros, que enfatizam suas palavras no estilo pessoal e cria uma gravadora de vinil mesmo na Jamaica . Originalmente conhecido como crítico de rock, Bruno Blum gradualmente incorpora um músico de caráter itinerante aventureiro,com um espírito livre,um cantor e compositor e guitarrista notável,o historiador da música popular e artista .  Prolífico, além da reportagem de ilustração de fotografias constante, e trabalho em quadrinhos, ele sempre fez gráfica projetado para ser anexado . A linha borrada entre quadrinhos e a arte é deliberadamente mantido em algumas de suas obras, como na série "Don't Drink and Drive, Smoke and Fly" , o destino de suas próprias páginas de quadrinhos para tornar-se uma tabela antes de retornar ao quadro inicial formal. Justapõe estilos diferentes, com uma eclética real, todos baseados em sua obra multifacetada.
Pierre Astier publica o seu primeiro livro “Lou Reed, Electric Dandy”, uma biografia rio, às edições da ´´Serpent à Plumes´´. Especializado em rock e o reggae, publicará seguidamente uma quinzena de livros, entre qual vários sucessos dos quais: ´´Le Reggae ´´,´´Bob Marley, le reggae et les rastas´´, e as suas cadernetas de viagem ilustradas das suas fotografias e desenhos, “Jamaïque, sur la piste du reggae” onde conta as suas aventuras jamaicanas.Também foi um dos principais colaboradores de Michka Assayas para a realização do Dicionário rock, do qual é co-autor. Continuando ao mesmo tempo a cena, após “The War Album” (2001) com os The Wailers com quem toc aa guitarra e interpreta dois títulos, publica em 2001 o seu segundo álbum “Nuage d'Éthiopie”, onde é observado como compositor. Saído pelo seu rótulo Disques De Luxe e distribuído pela Culture Press, o álbum é inteiramente reggae,e contém o single Si je reste  (adaptação em reggae ´francophone´ de Should I Stay or Should I Go, do The Clash) em duo com Annabelle Mouloudji. “Nuage d'Éthiopie”  é acolhido bem pela imprensa. Para Yves Bigot, o reggae francês encontrou o seu autor ... Acompanhado pelos Wailers em ´Avis aux amateurs´´, põe em música a carta onde Arthur Rimbaud anuncia à sua mãe que permanecerá vivendo na África. Na contracorrente das músicas electrónicas em voga, é comprometido num estilo influenciado pelos anos 1970, onde as palavras e os instrumentos eléctricos têm um lugar central. Refere-se Boris Vian, Alain Bashung, Linton Kwesi Johnson, Jacques Dutronc, dos quais registra uma paródia em reggae (Et moi et moi..), e de Serge Gainsbourg cuja composição registrou ´ L'Appareil à sous et bientôt´ uma versão inglesa de Lola Rastaquouère.
-------------------
fr.wikipedia.org/wiki/
------------------

Discographie

Albums

  • Bruno Blum (New Rose, 1990)
  • Nuage d'Éthiopie (Culture Press, 2001)
  • Think Différent (Culture Press, 2002)
  • Amala & Blum : Welikom 2 Lay-Gh-Us! (BMG, 2003)

Compilations

  • Avec Private Vices (en 1979) : Paris 84 et Total Control sur l'album Les Plus Grands Succès du punk (Skydog 1984)
  • Avec Les Manches (en 1982) : These Boots Are Made for Walking sur l'album Week End à Nice (Black and White 1983)
  • Avec Les Amours (en 1984) : La Tentation (elle est dans ton cœur) (adapté de Lou Reed) sur l'album Romances 85 (Romances 1985)
  • Avec The Wailers (en 1996): "War"57 et "Guerre" sur "The War Album" (Rastafari 2001), un 45 tours jamaïcain ( Human Race 1997) et un 45 tours européen (Rastafari 2009).
  • Avec Dub De Luxe (en 2003) : Viens fumer un p'tit joint sur l'album Libérez Marie-Jeanne, Tolérance Double Zéro Volume III (Productions Spéciales, 2003)
  • Avec The Revolutionaries (en 2002) : Lola rastaquouère (version anglaise) sur l'album de Serge Gainsbourg : Aux Armes et Cætera - Dub Style (Mercury, 2003)

Production

Bibliographie

Livres

Outre ses chansons, ses textes pour disques, ses écrits dans Best, Rock & Folk, Actuel, Hara Kiri, Nova Magazine, Bruno Blum a publié plusieurs livres, souvent illustré de ses dessins et photos :
  • Le Reggae (Librio 2000. Édition révisée, augmentée et illustrée : Le Castor Astral 2010)
  • Lou Reed - Electric Dandy (Biographie. Le Serpent à Plumes 2001. Édition illustrée et mise à jour : Hors Collection 2008)
  • Couleurs reggae (portfolio de photos, Tana 2001)
  • Bob Marley, le reggae et les rastas (Hors Collection 2004. Édition révisée augmentée d'une discographie et préfacée par Tiken Jah Fakoly : Hors Collection 2010)
  • Le Ragga (Hors Collection 2005)
  • John Lennon (Biographie. Hors Collection 2006)
  • Punk, Sex Pistols, Clash et l'explosion punk (Hors Collection 2007)
  • Cultures Cannabis (Scali 2007)
  • Sur la route avec Bob Marley, un chevalier blanc à Babylone par Mark Miller (régisseur de scène de Bob Marley de 1978 à 1980), traduit et augmenté par Bruno Blum (Scali 2007). Édition révisée, augmentée et illustrée : Le Castor Astral 2010)
  • Jamaïque, sur la piste du reggae (Scali 2007) (récits, photos et dessins de voyage)
  • De l'art de savoir chanter, danser et jouer la bamboula comme un éminent musicien africain (Scali 2007) (guide des musiques africaines)
  • Bob Marley l'Africain (Scali 2008) par Adebayo Ojo, introduction et traduction de Bruno Blum
  • Les 100 plus grands tubes du reggae à télécharger (Fedjaine 2008)
  • Le Rap est né en Jamaïque (Le Castor Astral 2009)
  • Bob Marley, un portrait inédit (Hors Collection 2011) par Kim Gottlieb-Walker, Jeff Walker, Cameron Crowe et Roger Steffens, traduit par Bruno Blum.
Il a également contribué aux ouvrages collectifs suivants :
  • Best of Blues (1994), numéro hors-série de Best, le mensuel du rock.
  • Best of Reggae (1994), numéro hors-série de Best, le mensuel du rock, avec pour rédacteur en chef Bruno Blum, en collaboration avec Florent Droguet, Mehdi Boukhelf, Christian Eudeline, Patrick Eudeline, Blaise Ndjehoya, Jean-Pierre Boutellier, Pascale Geoffrois, Awal Mohamadou, Hélène Lee, Steve Barrow et Roger Steffens.
  • Le Siècle rebelle, dictionnaire de la contestation au XXe siècle (Larousse 1999) sous la direction d'Emmanuel de Waresquiel.
  • Nova Collector, magazine consacré à Bob Marley avec pour rédacteur en chef Bruno Blum, en collaboration avec Léon Mercadet (le magazine contenait un CD de Punky Reggae Party et l'inédit Is This Dub).
  • Le Dictionnaire du rock (Robert Laffont 2000) (contribution : 14% des textes, sous la direction de Michka Assayas)
  • Rebel Music (Genesis Publications, Guildford, Surrey, Angleterre, 2004) de Kate Simon.
  • Rock Critics (Don Quichotte, 2010).
  • Best of Best, tome 1, 1968-1979 (Le Castor Astral, 2010), anthologie de Best, le mensuel du rock. Conception, coordination et réalisation : Bruno Blum

En tant qu'illustrateur

  • L’Abécédaire de rien de ce §#ç&%$ de monde du « rock » (Autour du Livre 2007) par Pascal Samain
La plupart des livres de Bruno Blum sont illustrés par ses propres dessins et photos.

Livrets de disques

  • The Very Best of Jamaica (Trojan 1990)
  • The Stray Cats Best Of 20/20 (Arista BMG 1993)
  • Buffalo Bill Ghetto Youth Unite (Music Room-Culture Press 2001)
Série The Complete Bob Marley & the Wailers 1967-1972 en collaboration avec Leroy Jodie Pierson et Roger Steffens :
  • Bob Marley & the Wailers, Rock to the Rock (Jad 1997)
  • Bob Marley & the Wailers, Selassie Is the Chapel (Jad 1997)
  • Bob Marley & the Wailers, The Best of the Wailers (Jad 1997)
  • Bob Marley & the Wailers, Soul Rebels (Jad 1997)
  • Bob Marley & the Wailers, Soul Revolution Part II (Jad 1997)
  • Bob Marley & the Wailers, More Axe (Jad 1997)
  • Bob Marley & the Wailers, Keep on Skanking (Jad 1998)
  • Bob Marley & the Wailers, Satisfy my Soul Jah Jah (Jad 1998)
  • Bob Marley & the Wailers, Freedom Time (Jad 2003)
  • Bob Marley & the Wailers, Soul Adventurer (Jad 2003)
  • Bob Marley & the Wailers, Jungle Dub (Jad 2002)
  • Bob Marley & the Wailers, Rebel (Jad 2002) (4 CD)
  • Harry Belafonte - Calypso, Mento & Folk 1956-1957 (Frémeaux et Associés 2009)
  • Jamaica - Mento 1951-1958 (Frémeaux et Associés 2010)
  • Bahamas - Goombay 1951-1959 (Frémeaux et Associés 2011)
  • Trinidad - Calypso 1939-1959 (Frémeaux et Associés 2011)
  • Calypso extrait du coffret de dix CD Anthologie des musiques de danse du monde (Frémeaux et Associés 2011)

BUFALLO BILL





















--------------------------------------------------------------------------
Bill Reeves vem de Trenchtown, Kingston,Jamaica,um guetto áspero onde a música e as canções escritas lá são frequentemente usadas para transportar a cultura básica das juventudes. Bill canta sobre frustrações dos povos, da consciência humana e da injustiça, canta sobre a esperança, a libertação e a paz com Rastafari. Criado na mesma área que a família de Marley, Bill permaneceu perto deles depois. Como pode ser ouvido no reggae das raizes de Bill, foi muito influenciado por Bob Marley. A voz original de Buffalo Bill vem diretamente de sua alma jamaicana. Em sua infância, era um cantor do gospel e dançarino, e eram com as mostras do talento patrocinadas pelo Bible Club que Bill fêz seu nome. A música de Buffalo Bill inclui o reggae, o reggae das raizes, o ska e o dancehall. Sua música tem elementos fortes de Rastafari, e Bill acredita que a música é algo não sómente para se ouvir, mas para sentir também. Após ter ganho com a ajuda original de Ziggy Marley na canção Help the Weak, produzida mais tarde por Ziggy Marley que igualmente produziu o oferecimento seguinte de Bill, Fed Up.Bill continuou com o single de produção própria ´´Curfew´´, encontrado agora em seu CD Ghetto Youths Unite. Todas as canções nesta gravação são trabalhadas com cuidado, e carregam sua  mensagem humanista. Com sua voz distintiva, Bill canta com uma paixão e uma força que infunde a todos que a ouve com esperança e possibilidade para o futuro da humanidade. Como um Rastaman, segue a verdade, e está adquirindo novos admiradores através da mensagem positiva de sua música. A música é sua força, e re-energizadas as edições clássicas de Rastafari tais como a injustiça social, a responsabilidade parental e a unidade. A música reggae deu forma ao movimento e deve ser vivida, é uma viagem espiritual da inspiração e de vibrações terapêuticas..
Seu último disco se chama ´Black History´´,e foi lançado pela Blackmoney Records..
-----------------------------------------
 DISCOGRAFIA
----------------

Buffalo Bill-Ghetto Youth Unite-2003
Buffalo Bill   -Black History-200x

AKWASI KYEREME






-------------------------------------------------------------
O cantor africano Akwasi Kyereme reside em Berlim desde 1988 ,e se tornou lá rapidamente como o artista superior da gravadora roots Tama. Nascido em 1953 em Ghana na Africa, filho de Kumasi Ashanti,Akwasi cresceu e se desenvolveu lá..
Depois na juventude Akwasi trabalhou como disc-jockey,e até cabeleireiro, antes de se dedicar somente à música, que sempre foi sua paixão desde menino. A carreira musical de Akwasi começou 1978 na África, entre outros lugares na Nigéria. Lá cantou em clubes, onde covertia a batida afro nos estilos de um Fela Ramson Kuti ou Alfa Blondy. Mas logo seu interesse no reggae se realizou, que entretanto sempre com suas raizes africanas se conectou.Em 1984 levaram Akwasi Kyereme para Berlim, onde ele começou a trabalhar ainda mais intensivamente com a música. Entrementes gravou em Berlim seu primeiro disco"African to the Reggae Fyer".depois veio outro em 1999 ´´Saanetie´´.Estudou trumpete em uma escola de música. Com seus estilo de raiz que Tama Akwasi desenvolveu, seu vocal possui completamente o estilo do reggae, que chamou "Asiko Highlife".
Seu último trabalho lançado se chamam ´´Esiwano´´
--------------------------------------------------
DISCOGRAFIA
Money No Dey - EP-1998- Fairtone Records
African To Reggae Fyer
Saanetie- Akwasi Kyereme-1999
Esiwano
Postado por JAHMAN

SIMPLETON


















 ----------------------------------------------------------------------------
O cantor Simpleton nasceu Christopher Harrison em 1971 na Jamaica..Simpleton foi um toaster DJ de reggae jamaicano originalmente da área do Tavern, de St Andrew, Jamaica.Uns registros mais antigos deste artista trazem seu nome como Dracula e não como Simpleton na etiqueta  "How you fi say Dat".Disparou à fama em 1992,ano em que marcou um número um, sucesso na rádio,número um na JBC e entre os 40 melhores nas cartas de RJR com ''Coca Cola Bottle Shape''. Na metade dos 1990s Simpleton alcançou 10 posições superiores nas cartas com a música 'Quarter To Twelve', produzido por Anthony Red Rose. Simpleton liberou três álbuns brilhantes de reggae na metade dos anos 1990. Após ser virtualmente inativo da cena jamaicana da música, Simpleton morreu em uma noite de domingo no Andrews Memorial Hospital em Kingston. Simpleton, que sofreu uma súbita pressão de sangue elevada, desmoronou e foi levado ás pressas ao hospital após ter sofrido um ataque cardíaco,mas infelizmente veio a falecer.
Simpleton tinha apenas 33 anos de idade..
-----------------
DISCOGRAFIA
Coca Cola Bottle Shape (1992)Heaven Mi Reach (1993) 
1/4 to 12 (1996) 
Drive Man Crazy (1998)
Postado por JAHMAN

KENDREAD













---------------------------------------------------------------------------
Nascido em 1959 no Suriname, Kendread começou sua carreira musical em uma idade muito nova. Quando era um menino ele já foi envolvido com a música. Veio viver na Holanda em 1975, onde ele tornou-se um Rastafari na idade de 20 anos. Após trabalhar com vários artistas e a começar fazer parte da banda Dasjan and The Revivals,Kendread decidiu continuar só, como artista solo no ano de 1991. Libera o Cd “Culture Crash” em 1993 com o acompanhamento musical de Dasjan. Kendread escreve suas próprias músicas e letras e é fácil reconhecer que seu som é original. Religião, progresso o realismo influencia suas letras. "Eu crio meu próprio som", Kendread explica, "nenhuma referencia ao hip-hop ou ao rap, somente o reggae puro das raízes ". "The Warriors" foi a primeira banda de Kendread. Em seguida fundou em 1985, junto com alguns amigos músicos , a formação "The Gideons". Com eles gravou o single "National Team
". Em 1990 junto com seu irmão o baterista Edgar e o baixista Jahman, a base do grupo que se chamou "Dasjan" (uma montanha da Etiópia) foi fundada. No mesmo ano Kendread se juntou á produtora de música ArtCon, fundada por Arthur Conley (1946 - 2003?) .Dasjan executou em 1991 no festival"The Grote Prijs van Nederland" e ele chegou ás semi-finais. Foram convidados também para desempenhos ao vivo por diversas estações de rádio nacionais. Além disso Kendread decide em 1992 seguir como um artista solo.Kendread executa como um músico convidado com a formação "The Creator’s" de Arnhem. Com eles libera o Cd "Sranang Lobie Foe Mie Hatie”.No Suriname, este Cd tornou-se popular,enquanto a banda"The Creator´s" saiu para uns tres meses de excursão no seu país natal,o Suriname.Receberam as boas- vindas de heróis e a canção "Sranang" foi escolhida como a canção nacional. "Culture Crash" foi uma das primeiras liberações de Kendread como artista solo em 1993. Com a banda "Dasjan" que acompanhou Kendread, executou nacional e internacionalmente. Mais tarde o single Cd "One Love"(1996) e o Cd "Lion Train" (1998) foram liberados,e Kendread foi acompanhado pelos "The Revivals" durante os seus concertos ao vivo. Kendread e sua banda de revestimento protetor ´´The Revivals´´ executam regularmente em países como a Alemanha com os grandes artistas jamaicanos como: Michael Prophet, Nardo Ranks, Errol Dunkley e outros. Também as excursões na Áustria e na Suécia provaram ser um sucesso, e uma grande experiência. O ano de 2002 trouxe muitas mudanças, também para Kendread. Esse ano Kendread se decide focalizar mais para tentar fazer a juventude aprender com sua a música e cultura. Embora Kendread gaste quase todo seu tempo com este projeto, encontra ainda algumas horas livres para trabalhar em seu Cd novo, junto com sua banda nova “The Maroons”. "New World" é o título,um Cd com 12 canções; uma variação de canções ainda não liberadas,com batidas conheçidas em um estilo novo e canções totalmente novas, onde o Rastafari e o reggae das raízes falam claramente.
--------------------------------------------------
Discos
Culture Crash-1993
My Father
One Love-1996
Lion train -1998
Rise up-
New World-2002
----------------------
http://www.kendread.com/

OCHO RIOS
















---------------------------------------------------------------------
Ocho Rios (espanhol para "Eight Rivers") é uma bela cidade na paróquia de Saint Ann , na costa norte da Jamaica . Embora supostamente ele atracou em muitos pontos ao longo da costa da Jamaica, muitos acreditam que Cristóvão Colombo pisou primeiro na terra na Jamaica em Ocho Rios. Perto da cidade, os viajantes e moradores podem visitar o Columbus Park, onde Colombo supostamente veio pela primeira vez em terra, e ver os artefatos marítimos e edifícios coloniais espanhóis. Foi uma vez uma vila de pescadores, mas agora atende a turistas.É um porto de escala para navios de cruzeiro , bem como foi para navios de carga de carga de açúcar, calcário e bauxita no passado.
 Ao ritmo do reggae, você descobrirá culturas indígenas, cataratas espectaculares, frondosos parques naturais e ricos fundos marinhos. Suas praias de águas limpas, circundadas por palmeiras, são o lugar perfeito para desfrutar o bem-viver jamaicano.
Em Ocho Rios existe uma série de graciosas enseadas de um azul luminoso delimitadas por promontórios verdes.
O mergulho submarino e outros desportos aquáticos como jet-ski e barcos a vela são oferecidos nas imediações da cidade.  O nome "Ocho Rios" é um equívoco porque não há oito rios na área. O mais provável é uma corruptela britânica do nome original espanhol "Las Chorreras" ("as cachoeiras"),  um nome dado à vila por causa da próxima cachoeira de Dunn River Falls . A auto-estrada do litoral norte do aeroporto internacional de Montego Bay para Ocho Ríos foi melhorada desde o ano 2000 e a viagem agora dura uma hora e 45 minutos. Em 26 de Agosto de 2011, o governo da Jamaica anunciou um plano de 21.000 mil dólares de revitalização para a área dos resorts.  A cidade tem restaurantes, boates em Margaritaville e a Dolphin Cove, onde os turistas podem nadar e interagir com os golfinhos . É talvez mais notável pela sua utilização em Dr. No , o primeiro James Bond filme, que foi lançado em 1962. Foi a casa de Srta Taro , interpretado por Zena Marshall , que era uma adversária de Bond ( Sean Connery ) e em aliança com os principal vilão Dr. Julius No ( Joseph Wiseman ). Conhecida por suas cachoeiras, a atração mais famosa e visitados de Ocho Rios são as cachoeiras de Dunn´s River Falls,onde as águas desaguam de terraços de rocha de um penhasco de 600 metros,e finalmente desaguam nas areias da praia de Ocho Rios. Aos hóspedes e visitantes se permite o acesso a pé ,subindo e descendo os penhascos e pedras da cachoeira para visitas guiadas. As pessoas podem ver o litoral a partir do topo e participar em cada semana de uma festa que apresenta música, dança e natação.
 O mercado de artesanato de Ocho Rios está à espera dos rebanhos de turistas dos cruzeiros ,e vendem muitos itens como as camisetas de Bob Marley e do reggae,as famosas bonequinhas de trapos de vestidos coloridos..
No assunto reggae,sempre acontecem alguns shows de reggae em Ocho Rios ,e o saudoso produtor Jack Ruby morava em Ocho Rios,onde produzia os artistas e operava seu sistema de som,o  Hi-Fi Sound-System..
O guitarrista dos Rolling Strones,Keith Richards,possui uma ampla casa em Ocho Rios,e foi nela que se originou o grupo de reggae e nyabinghi Wingless Angels,com participação do saudoso Justin Hinds..

sexta-feira, dezembro 30, 2011

ERIC FRATER






















-----------------------------------------------------------
Eric Frater é um guitarrista jamaicano, ele começou a tocar no começo dos anos 1960's para o produtor Clemente ´Coxsone´ Dodd no Studio One, era um membro da banda Sound Dimension.
De acordo com a legenda, a conhecida e própria rotulação Sound Dimension veio do guitarrista Eric Frater, da sua máquina favorita de ecos, e isso faz sentido à vista de como um importante som novo, afiado de guitarra ,e a adição de efeitos como o wah-wah e o eco ,se tornaria o novo som do reggae. Aqueles sons da guitarra, demonstrados ambos por Frater e o legendário guitarrista Ernest Ranglin. Sua banda inicial da casa foi  The Soul Brothers.A ascensão de rocksteady considerou uma formação deslocada e uma alcunha nova foi dada, Soul Vendors. O grupo excursionou na Grã Bretanha em 1967, e o guitarrista Eric Frater retornou para casa com uma caixa de eco. Seu som psicadélico inspirou a conhecida Soul Dimension, a banda que tomou como sua própria o ano seguinte. Até lá, o grupo incluiu Jackie Mittoo nos teclados, Eric Frater,o guitarrista de ligação Ernest Ranglin, o baterista; Leroy" Horsemouth" Wallace,o baixista Leroy Sibbles, e na sessão de metais Vin Gordon, Cedric Brooks, e o ex-Skatalite Deadley "Headley" Bennett, entre outros. Quando Mittoo emigrou ao Canadá em 1968, Robbie Lyn ou Richard Ace tomaram geralmente seu assento, embora o tecladista retornasse regularmente para sessões de gravação..
Eric Frater tocou guitarra solo e rítmica com nomes como Bunny Wailer,Aston´´Familyman´´Barrett, Sugar Minott,Burning Spear,Gladiators,Heptones,Glen Brown,Abyssinians,Prince Jazzbo,Larry Marshall,Earl Morgan,Lone Ranger,Johnny Clarke,Delroy Wilson,Scientist,entre outros,e no disco coletânea Various Artists - Treasure Isle In Dub (1970-78)..
Com Bunny Wailer fez um excelente trabalho no álbum Black Heart Man,de 1976,é possivel escutar em algumas faixas solos muito bons da guitarra de Eric Frater..
Como artista solo,Eric gravou alguns singles (7") como Eric Fatter / Winston Hines - Since You Been Gone / Cool Down....
----------------------------
DISCOGRAFIA
-----------------------------
Single
Eric Fratter / Winston Hines - Since You Been Gone / Cool Down (7")
----------------------------
 http://www.roots-archives.com

Also known as Eric Fratter.

Appears on

As a musician

CHRIS BLACKWELL














-----------------------------------------------------------
Chris Blackwell (nascido em 22 de Junho de 1937) é o fundador da gravadora Island Records. Nascido em Londres de um pai irlandês e uma mãe costa-riquenha, de Sephardic Jewish , Blackwell passou sua infância na Jamaica. Foi emitido á Inglaterra para continuar sua instrução. Decidindo-se não ir à universidade, retornou á Jamaica para transformar-se num instrutor do CAD do Sir Hugh Foot na Jamaica. Depois que o Sir Hugh Foot foi transferido ao Chipre, ele deixou por uns tempos a Inglaterra, e se deteve nos outros negócios que o trouxeram no contato com a comunidade jamaicana da música. Deu forma á gravadora Island em 1959 e foi um dos primeiros a gravar a música popular jamaicana que se tornou conheçida como a música ska. Em 1962 voltou á Inglaterra e vendeu discos levados na parte traseira de seu carro à população jamaicana do Reino Unido. Deste o começo, Blackwell progrediu a trazer música em fitas cassete mestras licenciadas e uma destas conteve um desempenho de Millie Small, que trouxe sduçesso a Inglaterra com 15 anos de idade e produziu ´´My Boy Lillipop´´ em 1964 que vendeu 6 milhoes de cópias ao redor do mundo, e esse ato começou a colocar a gravadora Island na estrada na música popular. Começou também a assinar com os grupos de rock na sua etiqueta, começando com o grupo de Spencer Davis que caracterizava Steve Winwood. A Island transformou-se numa das etiquetas independentes mais bem sucedidas dos anos 1960s e 1970s com bandas como Traffic, Spooky Tooth, Fairport Convention, King Crimson, Free, John Martyn, Nick Drake e Emerson Lake and Palmer . A gravadora Island foi também a primeira casa para as gravadoras Chrysalis,Virgin e a etiqueta americana Sue, que produziu o Jimmy McGriff,The Soul Sisters e Ike e Tina Turner. Eventualmente a Island produziu filmes e liberou-os na Inglaterra como . Esta película, produzida e dirigida pelo companheiro jamaicano Perry Henzell, foi a faísca que trouxe a música do reggae ao mundo. O sonho real de Blackwell entretanto consistia em trazer Bob Marley & The Wailers às grandes audiências internacionais. Blackwell deu forma também á gravadora Mango que caracterizaram muitos artistas jamaicanos e muitos outros do terceiro mundo..... Esta etiqueta introduziu também,Black Uhuru,Third World, Ijahman Levi,Salif Keita, Baaba Maal, Angelique Kidjo e muitos mais. Cada uma de suas companhias foi vendida eventualmente a Polygram. Mas Blackwell saiu com uma reputação boa após ajudar artistas tão diversos como Bob Marley, U2, Cat Stevens, Grace Jones, Steve Winwood, Melissa Etheridge, Tom Waits, The Cranberries, Richard Thompson e PJ Harvey. Desde que vendeu aquelas companhias, foi trabalhar na Palm Pictures , uma companhia de entretenimento dos meios com música,fabricação de filmes e liberações de DVD. Blackwell é associado atualmente com chefes atuais da Island, que opera ou introduz no mercado um grupo de resorts de alta tecnologia na Jamaica e nas Bahamas. O Goldeneye, o repouso precedente de Ian Fleming onde escreveu todos os livros de James Bond, é entre eles o mais exclusivo destes resorts. Blackwell está concentrando atualmente em desenvolver esta propriedade em uma comunidade de vilas e casas de campo nas praias, para que cada morador conte com seu próprio acesso confidencial ao mar. Embora criticado duramente muitas vezes por artistas seminais do reggae como Bunny Wailer,Lee Perry e Peter Tosh,que o acusaram de ter se vendido á Babilonia e seus lucros fáceis,Blackwell certamente teve seu lugar de destaque na história do reggae mundial..
---------------------

PRINCE EMMANUEL CHARLES EDWARDS




























-----------------------------------------------------------
Prince Emmanuel Charles Edwards foi o fundador do movimento Bobo Shanty na Jamaica. King Emmanuel foi a primeiro verdadeiro Rastaman. Os Bobo Shanty acreditam na reencarnação e que Deus tem de ser real ou ele não pode ser adorado, e é sobre este princípio que o King Emmanuel após a sua morte manisfestou no corpo do Padre Shanty e tem permanecido ali.O Sacerdote Shanty explicou que King Emmanuel foi crucificado por seus seguidores, em 1994. Sua morte foi um choque para a comunidade Bobo Shanty na Jamaica que acreditavam que o Prince Emmanuel tinha a vida eterna e nunca iria morrer. Mas ele teve que morrer para ensinar a seus seguidores uma lição, de acordo com o Priest Shanty. Eles tinham-se tornado-se desrespeitoso para os desejos do King Emmanuel, e ele permitiu-se morrer para mostrar-lhes o erro de suas maneiras. Prince Emmanuel é a reencarnação do Cristo há 200 anos, cumprindo o Apocalipse 5, como o Leão de Judá, não mais um Cordeiro para o abate. Prince Emmanuel fundou e trouxe de volta para o fim do passado a sua verdadeira forma, no futuro, a Ordem Boboshanti, a Ordem de Moisés, mas em um novo nome. Em 1958 Prince Emmanuel os juntou, em Spanish Town, Jamaica, durante este tempo que a Igreja foi construída o governo tinha como planos para lhes enviar novamente para fora. Eles mudaram-se para nove lugares até que finalmente resolveram um lugar mediante o topo de uma colina,com vista para o porto de Kingston, Jamaica, no Quilômetro 9 de Bull Bay, ou seja, Zion Hill ou Bobo Hill. A Ordem Boboshanti ainda está situada lá até hoje, existe e é generalizada em todo o mundo inteiro. Prince Emmanuel foi reconhecido como o Cristo, porque da forma como ele veio a nós e o seu percurso e o seu modo de vida. Ele tinha o espírito de Cristo. Emmanuel veio sem mãe ou pai, assim como Jesus veio,José e Maria não eram seu pai nem sua mãe. Jah, Selassie I, optou para a conceber seu filho. Emmanuel viveu como o Cristo, mostrando amor, ensinando a palavra de seu Pai, o ensino,a sabedoria.Emmanuel restaurou a igreja, trazendo de volta a Ordem e Lei de Moisés, porque o próprio Cristo diz: “Se você não pode acreditar nas palavras de Moisés, então como é que pode acreditar no que eu digo.” Portanto, agora vivendo em Boboshanti seguindo Cristo e Moisés para mostrar que nós acreditamos neles, e nós vamos fazer esse sacrifício para mostrar-lhe isso. Cristo é o único filho de Deus. Ele é nosso salvador e do mundo. É tempo de chegar a todos os que acreditam nisso. Aqueles que não acreditam e sabem que Cristo é o salvador ou que não acreditam no que diz ele terão um julgamento terrível . Por que você não pode chegar ao Pai sem saber do filho. Jesus Cristo, tal como no Apocalipse diz que o mundo irá a guerra,a Babylon,fazer a guerra contra o Cordeiro. O mundo não gostava de Emmanuel, nem de Cristo há 2000 anos atrás. Portanto, era em sua época e, portanto, deve ser, neste momento agora. Mas há 2000 anos Cristo veio para salvar os pecadores, para que eles tivessem chance de entrar em Zion. Ele derramou o seu sangue para nós. Ele era o Cordeiro para o abate em seguida. Mas agora ele retorna como o Leão conquistador da tribo de Judá. Não há mais cordeiro para o abate. Ele vem para derrotar Babilónia, e conduzir o seu povo para fora da Babilônia. Temos que realizar a nossa meditação e orar e manter a sua expressão nestes dias. Estes são os últimos dias. Não sabemos quando o mundo vai acabar, ou quando o seu julgamento virá. Mas nós os virtuosos ´´Kings and Queens´´ devemos se preparar para ele. Deixem os pecadores manter a sua sina e deixem os bons mantendo a fazer o seu bem.
Início da vida : Não se sabe muito sobre o início da vida de Charles Edwards. Quando jovem que ele pode ter sido influenciado pelos ensinamentos de Ras Tafari como ele se tornou um Rastafari. Sua primeira aparição foi em um comício do líder Rasta Leonard Howell. O homem carismático realizou um discurso, dirigido contra aqueles que adoram a Rainha Elizabeth  o “Poder da Babilônia” e levou seus seguidores pelas ruas da Jamaica em Ackee Walk. Ele pregou as doutrinas de Marcus Garvey e Howell, ambos pessoas e profetas muito influentes da cultura Rastafari.Pouco tempo depois ele próprio era considerado como Sumo Sacerdote por seus seguidores, e ainda mais – que ele alegou para ser o Adonai encarnado Bobo Shanti  Em 1958, King Emmanuel VII oficialmente fundou o Ethiopia Africa Black International Congressl (EABIC), enquanto reconstituía a antiga tradição Melchizedek. King Emmanuel VII sendo o presidente-fundador, Deus, e Rei da Ordem Bobo Shanti, foi devidamente reconhecido como o criador coroado campeão dos direitos humanos e da justiça humana, bem como embaixador para o repatriamento e à reparação de rede de Sua Divina Majestade Imperador Haile Selassie I da Etiópia na Jamaica.Apóstolos e santos de King’s Royal Emmanuel VII ou seja, sacerdotes, profetas, imperatrizes e princesas são referidos como “Bobo Shanti” ou simplesmente “Bobo Dreads” Eles são reconhecíveis pelo seu rigor e acondicionam seus dreads em turbantes ou xales, respectivamente gastos para cobrir os seus consagrados dreadlocks. Nos seus anos como presidente-fundador, Deus e Rei dos Eabic, King Emmanuel VII restabelece os princípios para a sua antiga ordem divina e lega esses princípios para a sua Divindade Royal,e os apóstolos e santos para a orientação espiritual. O motivo de ser considerado o Cristo Negro,é porque King Emmanuel VII foi altamente considerado como o Cristo Negro-em-Carne, o Santo Royal quem ele seguiu em sua jornada identificou cada um de seus respectivos ambientes como anteriormente registados na Bíblia. Por exemplo, Ackee Walk era suposto ser Nazaré, de onde veio a partir Jesus, Harris Street foi a Galiléia, onde Jesus foi depois de deixar a sua casa nativa, na oitava Rua, Capernaum e nona Rua, Belém, pois foi ali que Yeshua ,filho de Queen Rachel , nasceu. A aldeia Boboshanti em Bull Bay é chamada Monte Temon (Temon Hill), onde Deus teve origem, pela passagem do Gênesis. A trindade Bobo Shanti, consiste de Marcus Garvey como o Santo profeta, Emmanuel VII como Rei, o Santo Padre e Haile Selassie como o Rei Divino. Em todos os cantos e leituras da Bíblia, os membros do Congresso geralmente utilizam essas frases como: “O 7 º Rei Emmanuel Adonai Deus Jah Rastafari”. “Holy Emmanuel I, King Selassie I Jah Rastafari”. “Eu Rei Santo Emmanuel Selassie I ,Jah Rastafari”. Você pode ouvir estas frases em canções de cantores como reggae Sizzla, Capleton, Turbulence, Junior Reid, Anthony B e Fantan Mojah,entre outros e que são também teóricamente seguidores ou admiradores da ordem Bobo Shanti..
-------------------------------------------
 http://en.wikipedia.org/wiki/Mansions_of_Rastafari

FIL CALLENDER
















 ------------------------------------------------------------------
Filberto Callender igualmente conhecido como Fil Callender ou Phill Callendar nasceu em Colon , Panamá e migrou  para a  Jamaica quando jovem ,nos meados dos anos sessenta aos dezenove anos. Seu trajeto musical começou alguns anos após a chegada na Jamaica quando Headley Jones, um músico e coordenador de jazz jamaicano proeminente tomou um interesse em lhe ensinar os rudimentos de tocar a bateria, quando o viu tomar um forte interesse na escuta do The Skatelites e os outros grupos que ensaiavam no Studio One. Após um período de aproximadamente um ano praticando sob a tutela de Jones, que saía de Kingston permanentemente para tocar no restante do país, foi deixado nas mãos de Aubrey Adams um tecladista de jazz da Jamaica,o melhor naquele tempo. Sua tarefa era continuar a ajudá-lo e guiar para transformá-lo em um baterista eficiente. Aubrey o ligou com seu sobrinho que tinha uma banda, que ele era o tutor,a banda ensaiava na casa de Aubrey Adams em Trench Town e cada dia Fil fazia o passeio até a 11th Street para ensaiar. Quando Aubrey viu melhorias em seu trabalho na bateria, que o tomou ao Courtleigh Manor para tocar em algumas ocasiões com seu próprio grupo residente que incluiu Ernest Ranglin. Uma das coisas favoritas que Fil gostava de fazer era circundar em vários lugares escutando as bandas de dança mais populares naquele tempo.Bandas como Mightly Vikings, Carlos Malcolm, Tommy McCook and the Supersonics e Byron Lee and the Dragonaires. Estes grupos influenciaram-no muito e ajudaram-no a aprender a arte de tocar a música popular jamaicana, assim como escutando as canções de sucesso populares que estavam sendo mais tocadas pelas estações de rádio. Foi tocar em vários clubes noturnos com bandas de dança durante os anos sessenta,principalmente com os The Virtues. Ao ainda tocar com os The Virtues, Eric Frater que era igualmente um membro dessa banda e um guitarrista no Studio One, levou-o ao estúdio para tocar em um dia em que o baterista regular não compareceu para o trabalho. Este foi o começo da carreira do Studio One de Fil como um baterista no final dos anos sessenta e começo dos anos setenta. Isto realizava-se imediatamente depois do período de Ska com os Soul Vendors que era a banda residente. Foram incluídos no grupo os músicos como:Boris Gardiner, Patrick Mc Donald, Jackie Mittoo, Eric Frater, Vin Gordon, Denzil ‘Pops’ Laing, ‘Deadley’ Headley Bennett e outros. O nome da banda mudou e se transformou na Sound Dimension. Durante este período a música atravessou algumas transições que incluíram o começo do rock steady e eventualmente alguns aspectos diferentes do reggae. Músicos que se tornaram mundialmente famosos com quem Fil teve o privilégio de trabalhar  enquanto uma parte da Sound Dimension foram Leroy Sibbles, Eric Frater, Jackie Mittoo, Robert Lyn, Richard Ace e Ernest Ranglin. Fil permaneceu no Studio One por alguns anos trabalhando como um músico pago semanalmente, tocando principalmente a bateria e um pouco de guitarra. Durante esse tempo executou em diversas canções que se transformaram em sucesso e são agora parte das músicas clássicas do Studio One, canções como “Real Rock”, “Nanny Goat”, “Full up” (a.k.a pass the Kutchie) “Party Time”,"Pretty Looks I'snt All e outras, incluindo a famosa gravação de “Satta Massagana”, canções  em que Fil é anotado pelo seu estilo de rufar. Fil e outros músicos experimentaram com a música e contribuíram a sua evolução durante o período do Rocksteady ao Reggae e ao Dancehall. Durante esta transição Fil criou a batida e então o movimento dos ´´Rockers´´ e do ´´Steppers´´. Algumas canções que destacam nestes estilos são a versão original de “Roof over my head” por Sugar Minott que foi coberto mais tarde pelos Mighty Diamonds, “Satta Massagana” pelos Abyssinians,“Smile” pelos Silvertones, “Queen of the Minstrel” por Cornel Campbell (The Eternals), (Rockers) “Mr. Fix It” por Winston Francis, “Get in the Groove” pelos The Heptones,"Ten To One" por Cornel Campbell,e "Star"  pelos The Madlads(Steppers). As canções que caracterizaram Fil na guitarra eram  “Sunday Coming”por Alton Ellis (ligação), “Creation Rebel” álbum de Burning Spear,“Dubbing with the Royals” pelo Royals. Os grupos e os cantores famosos que teve o privilégio de fazer revestimento protetor foram: The Heptones,Pablo Moses, Burning Spear, Alton Ellis, Ken Boothe, John Holt, Bob Andy, The Cables, The Gladiators, The Abyssinians, Carlton and the Shoes, Delroy Wilson, Willie Williams, Dennis Brown,Marcia Griffiths e outros do catálogo do Studio One. Depois de sua partida do Studio One ele trabalhou como ´´freelancer´´ com outros estúdios de gravação como baterista e guitarrista, incluindo o famoso  Black Ark, funcionado pelo popular Lee ´´Scratch´´ Perry ,o Dynamic Sound possuído pelo estúdio de Byron Lee, Harry J e Joe Gibbs,tocando em sucessos (guitarra da ligação) como “Johnny too Bad”, “Reggae Punky Party” por Bob Marley,“War in a Babylon” e  “Chase the Devil” por Max Romeo. Fil foi então dar forma ao grupo “In Crowd” onde era o líder da banda, guitarrista, vocalista de ligação em algumas das canções e compositor principal. Atribuiu seu melhor talento à escrita e ao arranjo da canção e recebeu diversas revisões tanto no passado como recentemente. A banda  In Crowd começou com  músicos como Mickey “Boo” Richards (bateria), Robbie Lyn (teclados), Toni Lewis (baixo), Mickey Chung (teclados), Sonny Wong (vocais de ligação), Egbert “Eggie” Evans (saxofone, flauta), Leighton Johnson (trumpete) Clive Hunt (trumpete), Mikey Murray (guitarra) e outros músicos talentosos que se juntaram mais tarde ao grupo como Cleveland “Clevie” Browne (bateria) Raymond Fidler (guitarra), Wigmore Francis (guitarra), Tony “Jamaka” Johnson (teclados), Lew Chang (saxofone, flauta), Barry Bailey (trombone) e Errol Walker (vocais). A banda tornou-se razoávelmente popular na Inglaterra e Europa e sua música eram de grande envergadura lá, porque era de apelo não somente à multidão do reggae mas também outros estilos. O grupo gravou dois álbuns com canções como  “His Majesty is Coming”, “We play Reggae”, “Back a Yard”, “Baby my Love” e “Getting Cozy”.. O grupo continuamente cobriu as cartas da música do reggae e incorporou as cartas britânicas por duas vezes. A música do grupo sobreviveu na Europa sobre os anos e apenas recentemente uma nova caixa de CDs da música foi reemitida. Durante a era com o ´´In Crowd ´´,Fil igualmente gravou como um artista solo e liberou diversas canções. O grupo licenciou-se nos anos 80 devido às várias razões, entretanto, uma parte disso foi devido à convicção religiosa de Fil de entrar na igreja e dar sua vida a Cristo, e isto incluiu sua habilidade musical também. Continua a escrever canções e músicas que refletem sua convicção. Já  terminou um álbum chamado “Creator”de gospel e está trabalhando em um novo álbum que espera sair em um futuro próximo. Fil concentrou-se em tocar a bateria e para se inserir na igreja onde continua a crescer musicalmente. Presentemente o  ´´In Crowd ´´ se re -agrupou novamente principalmente para concentrar-se em gravações novas...
------------------
Discografia-
Creator- 
 ---------------------
Postado por JAHMAN

BLUE LAGOON
































































-----------------------------------------------------------------------------
 A Blue Lagoon (lagoa azul), Jamaica está entre as grandes atrações naturais desta ilha do Caribe. Com sua mudança de cores do azul,do verde claro à esmeralda profunda, da safira à turquesa, a fascinante lagoa azul é o centro das atrações turísticas da Jamaica' . Embora chamada originalmente de “The Blue Hole”, este lugar, uma pronunciada reentrância marinha ,foi feito famoso por diversos filmes, particular o estrelado por Brooke Shields ' Blue Lagoon', e daqui o local foi rebatizado como ' Blue Lagoon', (lagoa azul) e tornou-se popular com o mesmo nome. O que quer que seja as razões atrás da sua nomeação, a lagoa azul mantem-se como um dos melhores lugares para oferecer umas férias inesquecíveis no Caribe, a todos viajantes que imploram sempre pelo mar, a areia e o sol. A Blue Lagoon da Jamaica é um furo de água alimentado pelas fontes de água fresca subterrâneas e conectado ao mar do Caribe. Pensado inicialmente como um furo sem fundo, causou fábulas e fantasia. Entretanto, a exploração confirmou sua profundidade a 200 pés, o que rende suas cores fabulosas. Localizado em uma distância de aproximadamente sete milhas a leste de Port Antonio,a Blue Lagoon ou  'Blue Hole'; como é chamada popularmente, é convenientemente acessível por carro. A  lagoa azul na Jamaica é simplesmente impressionante pela presença de azul e de verde em abundância. Este lugar encantador está cheio de água azul profunda , que é causada pela extensa profundidade da lagoa. Com o mover do sol, a lagoa muda suas cores do azul escuro à esmeralda intensa. Como um viajante a Blue Lagoon na Jamaica, certamente não faltará oportunidade de explorar a beleza do lugar sem perder nada. Passe certos momentos de relaxamento com seus próximos e amigos. Igualmente veja a maravilhosa mola de água fresca,uma piscina natural,de água mineral..Se você é um aventureiro,tem recursos para tentar o excitamento do mergulho autônomo na Blue Lagoon, Jamaica. A profunda e transparente água azul desta área é um paraíso para os mergulhadores. Uma outra maneira popular de explorar a beleza do lugar é tomar um passeio de barco. A beleza do cerco da lagoa azul é fascinante, certamente. O desporto de barco ao longo das costas e a próxima Ilha do Macaco é surpreendente. Há um número de companhias de excursão em Port Antonio ,que levam os turistas a uma excursão à Blue Lagoon,Jamaica. Entretanto, se a pessoa escolher viajar independente a este lugar, pode estacionar seu carro no lote de estacionamento fechado no restaurante Blue Lagoon..
-------------
foto 1 by Jahman,Blue Lagoon,2010
------------------
pt.wikipedia.org/wiki/A_Lagoa_Azul

ACCOMPONG































 ------------------------------------------------------------------
Accompong é uma localidade histórica maroom,situada nas colinas de St. Elizabeth Parish em Jamaica , consolidado por um tratado em 1739. Ele está localizada em uma das duas áreas onde escravos fugitivos resolveram se estabelecer, originalmente com o Taínos , isolado o suficiente para ser seguro desde o primeiro espanhol e, posteriormente, dos britânicos.A Accompong Town foi nomeada por cauda do líder Maroon Accompong , que era o irmão de uma série de outros líderes Maroons: Quao, Cuffy, Cudjoe, e Nanny, a partir de uma família Ashanti . Na Cidade de Accompong, escravos rebeldes e seus descendentes arrancaram a terra do regime de plantaçaõ colonial e militar e transformaram numa reserva marginal montanhosa, imposta por um tratado legal colonial, em uma paisagem sagrada enraizada na terra comum. Cudjoe (também Kojo),  um líder dos quilombolas, diz que uniu os quilombolas na sua luta pela autonomia sob a árvore Kindah ,uma enorme mangueira antiga que ainda está de pé .Accompong foi fundada em 1739, após a quilombolas assinarem um tratado de paz com os britânicos na "Peace Cave" (Caverna da Paz) situada nas proximidades. O tratado concedeu aos Maroons sua autonomia muito procurada. No entanto, uma segunda guerra Maroon eclodiu em 1795. O Maroons Accompong permaneceu neutros e os britânicos os deixaram a sós. No fim da guerra todos os outros assentamentos Maroon da Jamaica foram destruídos, Accompong ficou sózinha. A Árvore Kindah (Mango Tree) de Accompong perto de onde os quilombolas assinado o tratado com os britânicos em 1739 . A Árvore Kindah frutífera em si, com o respectivo sinal proclamando "We are Family", simboliza o parentesco comum da comunidade crioula corporativos em sua terra comum. Na década de 1990 a Dança Myal tornou-se uma atração turística e um símbolo de nacionalidade jamaicana, forjadas através de uma história de conflito e aliança.  Os habitantes de práticas Accompong e uma cultura semelhante à sua cultura de origem africana de 200-300 anos atrás. Cada 06 de janeiro (aniversário da Cudjoe) em Accompong, descendentes e amigos do Maroons se juntam em um festival em comemoração ao tratado,tocam seus tambores e o reggae,e desfrutam da sagrada ganja. Em 2007, o festival teve um sabor mais político, com os frequentadores protestando contra o aumento da mineração de bauxita....

SPANISH TOWN
















----------------------------------------------------------------------
Spanish Town,ou Cidade Espanhola,é a capital e a maior cidade da paróquia de St. Catherine , no condado de Middlesex, Jamaica . Foi a antiga capital espanhola e inglesa da Jamaica a partir do século 16 ao século 19. A cidade é o lar de inúmeros memoriais, os arquivos nacionais, uma pequena população, e uma das mais antigas igrejas anglicanas fora da Inglaterra (as outras estão em Virginia , Maryland e Bermuda ) O povoado espanhol de Villa de la Vega foi fundada pelo governador Francisco de Garay em 1534 como a capital da colônia. Mais tarde, foi também chamado Santiago de la Vega ou St. Jago de la Vega. Indígenas Taino estava morando na área há cerca de um milênio antes, mas esta foi a primeira habitação Européia sobre o sul da ilha. Quando os ingleses conquistaram a Jamaica em 1655, que renomearam a cidade para Spanish Town. Uma vez que a cidade foi seriamente danificada durante a conquista, Port Royal assumiu muitas funções administrativas e funcionava como uma capital não oficial durante o início do governo inglês. Até o momento que Port Royal foi devastada por um terremoto em 1692 , Spanish Town, havia sido reconstruída e foi novamente servir como capital. Spanish Town, continuou sendo a capital até 1872, quando a sede da colônia foi transferida para Kingston . Kingston tinha sido fundada no rescaldo do terramoto de 1692. Em 1755, a rivalidade séria de lobistas causou especulação crescente sobre a adequação contínua de Spanish Town, como capital. Em 1836, o governador Lionel Smith observou que "a capital estava em ruínas, sem nenhuma preocupação de fabricação, comerciais e agrícolas em operação." Para piorar a situação na esteira da rebelião de Morant Bay de 1865, Sir John Peter Grant ordenou a remoção da capital em 1872 para Kingston, que passou a ser considerada a capital natural da ilha. Após a sede do governo ser removida, Spanish Town perdeu muito de sua vitalidade econômica e cultural. Construída sobre a margem ocidental do Rio Cobre,a cidade encontra-se a treze milhas de Kingston, na estrada principal. Como um local de importância histórica, sua história foi moldada por suas experiências dentro de dois importantes períodos coloniais. Estes períodos são: os espanhol de 1534-1655 e o inglês de 1655 -1782. A história de Spanish Town sobrevive nas ruínas dos edifícios antigos em seus nomes de rua que marca como o início da história geral da Jamaica. Lembretes de espanhol na Jamaica incluem simbólicamente as capelas espanholas Red Church e White Church Streets, assim como Monk Street, em referência ao mosteiro que ficava nas proximidades. Nugent Street e Manchester Street foram nomeados para Governadores Colonial Britânicos:George Nugent e William Montagu, 5 ° Duque de Manchester . King Street recebeu seu nome porque ele passa por rei da Casa da Constituição, perto da Praça, também se refere ao fato de que o centro administrativo da ilha costumava ser encontrado lá. O centro da cidade possui alguns edifícios de Regência, incluindo o Memorial Rodney e a fachada da Old King's House, que foi a residência dos governadores até 1872. Spanish Town é o lar de uma ponte , desenhada por Thomas Wilson e fabricada pela Walker and Company de Rotherham , Inglaterra . Atravessando o Rio Cobre , a ponte foi erguida em 1801 a um custo de £ 4.000. Suas quatro costelas arqueadas são suportadas por maciço pilares em alvenaria . Após,com o tempo, os pilares se deterioraram, colocando em risco a estrutura, que foi listado no ´´1998 World Monuments Watch´´ pela World Monuments Fund . Um projeto de restauração começou em 2004, com financiamento concedido pela American Express , através do Fundo Mundial de Monumentos. No entanto, o progresso foi lento até 2008, quando um esforço renovado de restauração foi feito. A primeira fase da restauração foi concluída em Abril de 2010, quando o reparo dos pilares permitiu a ponte para ser reaberto para o público.Mais recentemente, a violência tem impedido a ponte de alcançar o status de um Patrimônio Mundial da UNESCO .Em 2009 a população de Spanish Town foi estimada em cerca de 160.000 habitantes. A população de Spanish Town, como o resto do St. Catherine, tem vindo a crescer rapidamente.  Hoje, a freguesia de Spanish Town é referida às vezes coloquialmente como "Espanha" ou "Prison Oval" dentro da Jamaica. O último apelido é uma referência ao cricket de arremesso ou oval localizado perto do Distrito Prison St. Catherine, onde alguns presos podem ter uma visão limitada do esporte através das janelas de suas celas. Futebol também é jogado na prisão Oval,e o Rivoli United FC é a equipe principal. A cidade teve uma das primeiras Catedrais espanholas a ser estabelecida no novo mundo. Esta foi construída em torno de 1525. Muitos cristãos têm igrejas ou denominações salas de reuniões na cidade, incluindo uma igreja católica romana e Wesleyana, Batista e capelas Adventistas do Sétimo Dia  Há também uma mesquita. Intocada em pé está a Alms House,um hospital público e uma instituição penal máxima construída no século XVIII. Há na própria cidade uma fábrica de corantes, onde são feitas a partir do campeche, e uma fábrica de processamento de arroz. No bairro estão cinco grandes fazendas de açúcar, um condensador de leite e uma fábrica têxtil de grande porte. O Rio Cobre Centro Correcional de Menores e o Departamento de Serviços Penitenciários da Jamaica está localizada em Spanish Town. Spanish Town é a principal estrada A1 ( Kingston para Lucea ) e A2 (Spanish Town para Savanna-la-Mar ). É bem servida por carros, mini-carros e táxis e vans, que operam a partir do Spanish Town Hub Transport Rail .A agora em desuso estação ferroviária de Spanish Town,fornecia anteriormente acesso a quatro linhas: Kingston a Montego Bay,Spanish Town a Ewarton,Bog Walk para Port Antonio e Linstead para  New Works.A estação foi aberta em 1845 e fechada em Outubro de 1992, quando todo o tráfego de passageiros em estradas de ferro da Jamaica cessaram abruptamente. O famoso pirata Calico Jack e sua tripulação foram enforcados em Santiago de la Vega em 1720 após um julgamento conduzido pelo governador , Sir Nicholas Lawes .A cantora Natasja Saad morreu em um acidente de carro em Spanish Town em 24 de Junho de 2007. Em Charlotte Brontë ,O famoso romance de Jane Eyre , Bertha Antoinetta Mason, a esposa insana de Edward Rochester, veio de Spanish Town.Em 24 de Junho de 2007, a  cantora dinamarquês Natasja Saad faleceu no Hospital de Spanish Town,  depois de um acidente de carro perto da cidade. A cantora e atriz Grace Jones nasceu em Spanish Town, e Asafa Powell é de Spanish Town,no reggae também vários cantores e artistas nasceram na cidade como o saudoso toaster I-Roy..

DERRICK ´´DUCKIE´´SIMPSON











































----------------------------------------------------------
Se Michael Rose é a voz do Black Uhuru, Derrick ´´Duckie´´ Simpson,nascido em Kingston,Jamaica, é definitivamente o cérebro da operação. Duckie cresceu em ghettos como o distrito de Waterhouse,em Kingston,onde conheceu Michael Rose,Don Carlos e Junior Reid (que também participariam do Black Uhuru),entre diversos outros futuros artistas do reggae.Na sucessão inteira de formações diferentes que o Black Uhuru apresentou por sobre os anos, Duckie Simpson foi o único membro constante. Derrick “Duckie” Simpson, fundador da legendária banda Black Uhuru, é agora o vocalista da ligação desse grupo, e segurará os vocals para seu próximo de álbum, e numa excursão ao Japão e Europa que deve começar em Novembro. O vocalista anterior de ligação, Mykal Rose, que deixou o grupo em 1985 e retornou subseqüentemente em 2003, não será uma parte das próximas atividades do grupo, como seria focalizado em seu próprio álbum solo. Simpson deu forma ao Black Uhuru no final dos anos sessenta, mas esteve sempre nas sombras, harmonizando para vocalistas da ligação do grupo sobre os vários anos que incluiu Michael Rose,Junior Reid, Don Carlos e Andrew Bees.
Os vocalistas de proteção como Duckie incluíram a saudosa Sandra ´´Puma´´Jones,Garth Dennis (membro fundador) ,Olafunke e Jenifah Nyah
Black Uhuru é um grupo jamaicano de reggae dado forma em 1972, inicialmente como Uhuru (suaíli para ' freedom'). O grupo submeteu-se a diversas mudanças da formação sobre os anos, com Duckie Simpson mantendo sempre o controle e a posse de grupo. Seu álbum ´´Anthem´´ caracterizando o single de sucesso "What is Life?" ganhou o primeiro absoluto Grammy pelo melhor álbum de reggae em 1985. Em 2008, Simpson tomou em deveres vocais da ligação, e o grupo gravou um novo álbum ´As The World Turns´, com presenças especiais das estrelas mundiais latinas Aterciopelados e Jarabe De Palo, embora este disco não fosse ainda editado um ano mais tarde. Uma 2a edição do DVD de aniversário do seu concerto ao vivo em Londres foi liberada em Junho de 2008. Em 2011, agora New Vital e Loyal Blood juntaram-se ao grupo legendário de Derrick "Duckie" Simpson. Simpson e Michael Rose tinham reunido sob o nome de "Black Uhuru feat. Michael Rose".. Junto com uma cantora do revestimento protetor nomeada Kay Starr, liberaram um single, " Dollars" e executou em diversos concertos que incluíram o " Consciência ocidental 2004" abril em 28 em Jamaica.

DON CARLOS




















---------------------------------------------------------------------------
O dia 29 de Junho de 1952 teve um brilho especial. Nascia Euvin Spencer, no distrito de Waterhouse ,Kingston ,Jamaica. Don Carlos, como é mais conhecido pelos seus fãs teve uma infância bastante difícil. O local onde o ídolo nasceu (o mesmo que ainda mora), era marcado pela criminalidade (às 6 da tarde, nem os Taxis se arriscavam a trafegar). Don Carlos ganhou o apelido de "Don" (que significa na Jamaica alguém respeitado, temido) graças à popularidade conquistada na comunidade, onde mesmo com a violência amedrontando toda a população, ele caminhava pelas ruas em qualquer horário sem ser importunado. Em 1965, Don Carlos fez a sua primeira gravação no "Federal Studios" em Kingston. O artista ganhou fama internacional a partir de 1983, quando o DJ Ken Williams começou a promover shows com outros grandes nomes como Eek- a- Mouse e Chalice para milhares de pessoas no Colégio de Manhattan em Nova York. Desde então a sua música o levou à África, Europa, América do Sul, Estados Unidos e muitas ilhas nos Oceanos Atlântico e Pacífico.Além da carreira solo, Don Carlos fez grande sucesso como vocalista do grupo Black Uhuru, trio formado em 1974 com Derrick ´´Duckie ´´Simpson e Rudolph ´´Garth´´Dennis,e fez também um duo com o cantor Gold. No entanto, com a primeira formação do Uhuru, Carlos só gravou um single, muito raro entre os colecionadores de Reggae de hoje. O artista só retornou ao Black Uhuru em 1990,junto com Garth Dennis, e gravou 3 álbums: "Now" , "Iron Storm" e ´´Mystical Truth´´,tendo logo após voltado à sua carreira solo. Carlos diz que a inspiração para a sua música é o mundo pelo qual ele viajou e conheceu diversas pessoas onde pôde desenvolver sua educação e cultura. Don Carlos canta o otimismo em suas músicas levando aos ouvintes uma mensagem de respeito sempre. Tovou no Brasil no show ´´Independencia ou Reggae´´,em 2005,junto com outros nomes de peso como Israel Vibration e Fully Fullwood.
-----------------------------------------------------
DON CARLOS-Discografia

Releases

[Sort by Title  Date]