Translator

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

sexta-feira, fevereiro 19, 2021

U-ROY-TRIBUTO

















































Dessa vez uma perda sem palavras para a música Reggae.O pioneiro lendário do dancehall, U- Roy infelizmente está morto.  O veterano toaster teria morrido em sua Jamaica natal na noite de quarta-feira, após adoecer por algum tempo. Ele tinha 78 anos.  Homenagens fluíram livremente nas redes sociais na noite de quarta-feira, enquanto os músicos expressavam tristeza pela morte de um padrinho pioneiro da música jamaicana.  A superestrela do Dancehall Shaggy postou: "Hoje perdemos um de nossos heróis !! Uma verdadeira lenda neste jogo de dance hall / Reggae, se você é (sic) um fã de aparelhagem de som, então é um fã do som de Stur Gav. Com grandes nomes como Coronel Josey Whales (sic) e Charlie Chaplin, pioneiros neste jogo ,com um catálogo de gravações incríveis U -Roy era um mestre em seu ofício. Descanse bem Daddy Roy !! RIP, ande bem. "  David Rodigan postou no Twitter: "RIP Daddy- U-Roy, o toaster DJ icônico que mudou o paradigma da música jamaicana quando ele deu voz ao álbum 'Version Galore' ... Eu sempre fiquei maravilhado com ele; o tom de voz, a cadência, o tremeluzir lírico e andar de riddim fizeram dele 'o aventureiro da alma' .  U- Roy, nascido Ewart Beckford em Kingston, tem o crédito de popularizar a arte de brindar aos ritmos do reggae nos primeiros dias do dancehall, quando o sistema de som dominava. Ele entrou em cena durante o apogeu do sistema de som e gravadora Studio One de Clement 'Sir Coxsone' Dodd, em um período em que a música reggae e seu agora imensamente popular dancehall eram desaprovados pela sociedade em geral e eram vistos como a música do sem educação e sem cultura.  Seus hits 'Wake The Town' e 'Wear You To The Ball' com John Holt foram grandes sucessos e ele seguiu com vários outros destruidores das paradas, incluindo 'Creation Rebel', 'Chalice In The Palace' e o icônico álbum 'Dread In a Babylon' (1975). O sucesso de 'Dread In a Babylon' levou a uma série de álbuns produzidos por Tony Robinson: 'Natty Rebel' (1976), 'Rasta Ambassador' (1977) e 'Jah Son of Africa' (1978). A popularidade internacional de Beckford levou ao álbum 'Natty Rebel' a ser lançado em 1976 pelo selo Front Line do Virgins na Nigéria, bem como na França pela Virgin e Polydor.  U-Roy também é creditado por abrir a porta para permitir que artistas de rap e dancehall obtivessem enormes lucros com um idioma que ele, junto com o Conde Machukie e o Rei Stitt, criou e aperfeiçoou.  Ele também foi o dono do sistema de som Stur Gav que aprimorou a carreira dos DJs veteranos Charlie Chaplin, Josey Wales e Super Cat, entre outros.  Em 1980, o grupo pop Blondie teve um sucesso mundial com a faixa de reggae "The Tide Is High", que levou a Virgin a relançar a faixa original dos Paragons de 1967 e a versão U-Roy de 1971 como um single no mesmo ano.  O álbum de U- Roy é 'Pray Fi Di People', foi lançado em 2012,e ''Talking Roots'',foi lançado em 2018.Em 2020,uma rara colaboração com The Wailers- The Wailers Featuring U-Roy - My Cup Runneth Over ‎(LP)..Descanse em paz mestre,obrigado pelo seu legado..

------------------------------------

https://www.discogs.com/artist/64739-U-Roy

https://www.loopjamaica.com/content/u-roy-hailed-true-king-dancehall-dies-78

terça-feira, fevereiro 16, 2021

SPIRITUAL-TRIBUTO














-----------------------------------------------------------------

 Mais uma grande perda para a música reggae,o artista Horace Chin,conhecido como Spiritual,infelizmente faleceu em 4 de fevereiro de 2021..O artista jamaicano,nascido em 25 de julho de 1955,tinha uma voz potente e um timbre de  voz que se assemelhava a de Winston Rodney do Burning Spear,ou Joseph Hill do Culture,músicas sensacionais.Spiritual gravou o álbum ''Awakening'' em 2017 ,com temas como :''Black Man Story'',''Stand Up To Rasta'', '' Time Has Come'', '' Liberation'','' Rule Di World'','' Give Thanks And Praise'' ,'' Ethiopia'',''Show Me The Way'' ,'' The Lamb'' , ''Where Is The Love'','' Free Africa'',''Want No More'',e '' Live Righteous''..Participaram do álbum cantores como Iba Mahr e Droop Lion e músicos seminais do reggae,e foi lançado pela prestigiada gravadora VP Records da família Chin..Descanse em paz Spiritual,Jah Jah Guide..


segunda-feira, fevereiro 15, 2021

JAH HAMMED-TRIBUTO

 














----------------------------------

Dia 13 de fevereiro de 2021 foi um dia triste porque um cantor de fundação jamaicano muito grande como o Cleveland Smillie, mais conhecido no mundo como Jah Hammed faleceu. É mais um ano incrível e louco para ver as grandes estrelas do reggae morrerem. Cleveland Smillie a.k.a Jah Hammed começou sua carreira musical aos nove anos cantando no coral da escola. Com esse amor por cantar, ele e seu colega Horace Howe formaram um grupo chamado "Jr. Paragons". Ele finalmente conheceu o Sr. John Holt CD e se tornou amigo. Embora o Sr. Holt tivesse seu grupo para se concentrar na época, ele ainda encontrou tempo para ajudar o jovem cantor Jah Hammed, que na época era conhecido como "Lenkie". Com um amor pelos estilos de canto com alma de grupos como Blues Busters, Fats Domino e Mr Holt, ele desenvolveu um estilo próprio. Chegando a Nova York, ele se encontrou com Mikey Ranglin, filho do lendário guitarrista Ernest Ranglin. Mikey convidaria Jah Hammed para uma sessão local mantida no estado tri, onde ele iria fazer um nome para si mesmo. Jah Hammed foi mais tarde apresentado ao filho do lendário saxofonista dos Skatalites, Roland Alphonso. Eles começaram a trabalhar nas melodias e formaram um grupo chamado "The Outer Limits" com os irmãos de Dixon, Gary e Paul. O grupo gravou canções como "Stay Dread" com Glen Adams em 1975, "Ordinary Natty" produzida por Inez Brown e "Even Though" em 1977 produzida por Mikey Ranglin, "Still Waters", "Heartaches And Pain", "These Guys" , “Jah Say Love”, “Oh Jah” só para citar alguns. Jah Hammed teve filhos, dois dos quais seguiram carreira própria na indústria musical. O filho mais velho, Leon, começou sua própria gravadora "Total Satisfaction Records" e o segundo filho, Patrick, conhecido como Smillie Don, tornou-se um homem de som que toca na região de Nova York / Washington. Leon, que iria para as sessões quando jovem, cresceu imitando frequentemente seu pai ao cantar suas canções, viu a necessidade de seu pai reiniciar sua carreira. Total Satisfaction primeiro regravou Heartaches and Pain depois gravou ''Oh No, Even Though (Wide awake)'', que apresenta Sly e Robbie tocando Drum and Bass e uma lista de outras canções que serão apresentadas no próximo álbum de Jah Hammed. Atualmente já trabalhou com diversos produtores como Jah Life, Ras Jude da Beat Down Productions, Red Carpet, Small Axe e também Sons of Rasta. Ele agora estava trabalhando em seu álbum, que traz sucessos do passado, bem como novas músicas que certamente serão clássicos. Finalmente seu primeiro álbum foi lançado em 2009 intitulado “The Many Phases Of Jah Hammed”, seguido por “Jah Is Everything” 2012 e o último álbum “Real Love” 2012. Minhas profundas condolências à sua família, filhos, amigos, todos os músicos e promotores...


--------------------------------------------------------------

 13 de fevereiro de 2021- Fabrizio Laganà está com Jah Hammed. ·-facebook

segunda-feira, fevereiro 08, 2021

JAH RUBY -TRIBUTO

 














---------------------------------------------------------------------------------------

Neste momento, a notícia muito triste do irmão Barry Biggs e Mikey Jarrett sobre o falecimento de uma grande lenda real e crucial da Jamaica como Everald Metcalf, mais conhecido no mundo como o irmão JAH RUBY,ocorrida em 7 de fevereiro de 2021.. Minhas profundas condolências à família, amigos, músicos e cantores. Suas origens como artista remontam a 1962, como membro de um grupo, "The School Boys", que gravou um famoso cover de ska do hit de R and B ''Dilly Dilly'' para Prince Buster. Ruby então foi solo como Everald Metcalf em 1965 e gravou uma música chamada “Problem”. Ele seguiu com "Let's Take Another Walk" em 1966. Ele foi batizado Jack Ruby pelo notório "Feather Mop" em 1963, mas não decidiu usá-lo como seu nome artístico até 1966. Tendo começado como cantor, ele mudou para DJ no final dos anos 1960, por sugestão do DJ I Roy ('Soldering') de Spanish Town, e começou a trabalhar com vários sistemas de som. Em 1976, ele mudou seu nome para Jah Ruby para se diferenciar do produtor de Ocho Rios, Jack Ruby, depois que uma entrevista sobre ele apareceu na imprensa com a foto de Jack. Gravou seu primeiro álbum, “Dread Affairs”, produzido pelo cantor / produtor Barry Biggs. Em seguida, veio a música pela qual Ruby era mais conhecida, “Free Michael Bernard”, sobre um jamaicano que estava no corredor da morte e por quem havia uma campanha nacional, localmente, promovendo sua inocência. Naquele ano, a carreira de Ruby deu outra guinada, quando ele decidiu se dedicar à dança e formar os Black Invaders, que rivalizavam com o Scorch como os grupos de dança mais quentes do palco em meados dos anos 70 ao início dos anos 80. Ruby lembrou que dos seis que formaram o grupo de dança, três morreram tragicamente no exterior. Outro de seus talentos veio à tona quando ele foi selecionado para desempenhar um papel no filme local, "Rockers", que apresentava uma série de grandes artistas jamaicanos dos anos 70, como Jacob Miller, Leroy 'Horse Mouth' Wallace, Big Youth, Dirty Harry e Leroy Smart. Ele e os Black Invaders foram escolhidos para trabalhar no filme depois de derrotar seus rivais Scorch, Ants e Roach, grupos de dança nas audições. Ruby passou a trabalhar com alguns dos melhores sistemas de som da ilha, incluindo Metro Media, antes de emigrar para Nova York em 1983, onde se aproximou dos principais DJs de rádio nascidos na Jamaica Gil Bailey e Clinton Lindsay. Após 28 anos no mundo da música, o artista Jah Ruby se lembra melhor de sua amizade de infância com o falecido Bob Marley, com lembranças como Marley morando em Oxford Street em West Kingston, enquanto morava perto da esquina da Charles Street com a Spanish Town Road; indo para a outrora famosa área de natação no centro da cidade, conhecida como Hot And Cold, perto da fábrica da Jamaica Public Service Company na antiga Foreshore Road (Marcus Garvey Drive); chamando Marley de 'White Boy' e indo com ele à Seprod para coletar copra. Ruby era mais importante porque apresentou Marley a Derrick Morgan, quando eles eram apenas adolescentes. Ele até se lembrou do primeiro carro que Marley possuía "um Vauxhall Viva cor creme". Marley acabou se tornando uma das maiores estrelas pop do mundo, mas o multi-talentoso Ruby ainda está lutando para chegar ao topo. Ele morava nos Estados Unidos há 17 anos e tem muitas histórias para contar sobre seus tempos coloridos com artistas de reggae, como Barrington Levy, Jah Thomas, Gregory Isaacs, The Melodians, Ken Boothe, John Holt e Little John. Ruby tem trabalhado em estreita colaboração com promotores jamaicanos baseados no exterior, como a Mystic Vibes Productions de Danny Selassie. Ele estava atualmente montando sua própria produção, com Sizzla e Rankin Joe para meados de agosto em Orlando. Ele ganhou destaque lá quando apareceu em um programa em memória do cantor de reggae Alton Black, que morreu no início da década de 1990 em um acidente de automóvel no Brooklyn. Ruby começou a trabalhar com seus velhos amigos, The Melodians, juntando-se a Lloyd Brevett e Brent Dowe em seus compromissos em Nova York. Desde então, Ruby continuou a trabalhar intermitentemente na cena reggae jamaicana em Nova York também. Os dois últimos álbuns foram lançados: em 2009 com Glen Washington em um "Meets" por sua produção e "The Delroy Wilson Story" em 2014. Nunca será esquecido.

----------------------

Por Fabrizio Laganà no facebook..


segunda-feira, fevereiro 01, 2021

JAH BROWN (JAH B.)

 














------------------------------------------------------------------------------------------

Jah B. Nome real: Clarence Brown 

Perfil: Jah B. ou Jah Brown,artista do reggae jamaicano morreu em 28/08/2004 em Hamburgo, Alemanha, devido aos efeitos de um tumor.Jah B. gravou o EP ''Ragga Lovin'' em 1995,produzido por Kasbah,e mais alguns singles sob o nome artístico de Jah Brown como ''Freedom Fighter'',de 1979,single produzido por Prince Far I em seu selo Cry Tuff,Wayne Scotch / Jah Brown - ''She Use To Be My Girl / Ram Dance'' ‎(12",1990) e Young And Fresh ‎(7")..

------------------------------

https://www.discogs.com/artist/512129-Jah-B

https://www.discogs.com/artist/1861545-Jah-Brown


Singles , EPs

Jah B. - Ragga Lovin' album artRagga Lovin' RCA1995


Singles , EPs

Jah Brown - Freedom Fighter album artFreedom Fighter Cry Tuff1979
Jah Brown - She Use To Be My Girl / Ram Dance album artWayne Scotch / Jah Brown - She Use To Be My Girl / Ram Dance ‎(12")Barry U RecordsBUDIS 151990
Jah Brown - Young And Fresh album artYoung And Fresh ‎(7")TourtownnoneUnknown

domingo, janeiro 31, 2021

CRY TUFF (Selo)














--------------------------------------------------------------------

Cry Tuff era o selo fundado pelo lendário toaster DJ Prince Far I (Michael Williams)..Prince Far I produziu no rótulo Cry Tuff além de seu próprio material,singles de artistas como Congo Ashanti Roy,Peter Broggs,Rod Taylor,Culture,Jennifer Lara,Clint Eastwood,Ranking Toyan,Reggae George,Flabba Holt,Carol Kalphat,Big Joe,Jah Thomas,Naggo Morris,U-Black,Hortense Ellis,Jah Brown,entre outros..

-----------------------

https://www.discogs.com/label/66221-Cry-Tuff

sábado, janeiro 30, 2021

PRINCE FAR I-TRIBUTO




------------------------------------------------------------------------------


PRINCE FAR I-TRIBUTO - Prince Far I (c. 1944 - 15 de setembro de 1983) foi um DJ de reggae jamaicano, produtor e um Rastafari. Ele era conhecido por sua voz áspera e avaliação crítica do governo jamaicano. Sua faixa "Heavy Manners" usava letras contra medidas tomadas contra crimes violentos. Ele nasceu como Michael James Williams em Spanish Town, Jamaica. O primeiro trabalho de Williams na indústria da música foi como DJ no sistema de som Sir Mike the Musical Dragon,  também trabalhando como segurança no estúdio de Joe Gibbs, e mais tarde como segurança no Studio One, mas após a gravação " The Great Booga Wooga "para Bunny Lee em 1969 (sob o nome de King Cry Cry, uma referência ao seu hábito de chorar quando está irritado),  ele teve a chance em 1970 de gravar para o Coxsone Dodd quando King Stitt não apareceu para uma sessão.Dodd ficou suficientemente impressionado para lançar as gravações resultantes,  Williams agora usando o nome de Prince Far I por sugestão de outro produtor com quem ele havia trabalhado, Enos McLeod. Com uma voz grave única e profunda e estilo de falar, preferindo se descrever como um "cantor" ao invés de um "torradeira", ele se tornou um músico de reggae popular, denominando-se "The Voice of Thunder".  Seu primeiro álbum, ''Psalms For I, com o ''Lord's Prayer'' e vários salmos, foi dedicado aos analfabetos que não sabiam ler a Bíblia por conta própria. Ele então estudou com Joe Gibbs no segundo álbum, ''Under Heavy Manners'', antes de assinar com a Virgin Records para o selo Frontline. Doze álbuns se seguiram entre 1978 e 1981, incluindo uma conceituada série de álbuns dub ''Cry Tuff Dub Encounter'' , por Williams e lançada em seu selo Cry Tuff, e o dimensionamento dos Roots Radics sob o pseudônimo de The Arabs.  Passando cada vez mais tempo na Inglaterra, ele também colaborou com a UK On-U Sound Records, incluindo o fornecimento de vocais no coletivo de reggae Singers And Players e pode ser considerado uma figura do mentor de Adrian Sherwood. Sua última apresentação ao vivo ocorreu em 7 de dezembro de 1982 no Band on the Wall, Manchester, onde se apresentou com Suns of Arqa . Esta apresentação foi capturada em seu álbum Musical Revue. Em 1983, Prince Far I forneceu os vocais no segundo LP do Suns of Arqa, Wadada Magic, e muitos desses vocais foram reutilizados pela banda repetidamente em uma variedade de faixas e remixes, desde seu primeiro álbum em 1980 até 2006. Ele é creditado pelos vocais na capa de cada um dos lançamentos em questão. No final daquele ano, ele gravou o álbum ''Umkhonto We Sizwe'' com o produtor Roy Cousins ​​em Kingston. Antes do álbum ser finalizado, ele foi baleado em sua casa em Kingston, Jamaica, durante um assalto, supostamente relacionado a uma disputa por dinheiro,  e morreu posteriormente no hospital.  Adrian Sherwood, profundamente chateado com o assassinato de seu amigo, deu um hiato na produção de seu amado gênero reggae e em 1983 gravou com seu grupo Circut e Neneh Cherry, "Dead Come Alive".  Prince Far I também é referido por The Clash em seu single "Clash City Rockers" e também por The Mountain Goats na canção "Sept. 15th 1983" ("15 de setembro de 1983"), uma referência à data de sua morte...

---------------------------------------------

https://en.wikipedia.org/wiki/Prince_Far_I

----------------------------------------

Discography

Albums

  • Psalms For I (Carib Gems, 1975)
  • Under Heavy Manners (Joe Gibbs, 1976)
  • Message from the King (Virgin Front Line 1978)
  • Long Life (Virgin Front Line, 1978)
  • Cry Tuff Dub Encounter Chapter 1 (Cry Tuff/Hit Run, 1978)
  • Cry Tuff Dub Encounter Part 2 (Cry Tuff/Virgin Front Line, 1979)
  • Free From Sin (Trojan, 1979)
  • Dub To Africa (Price Far I, 1979)
  • Jamaican Heroes (Trojan 1980)
  • Cry Tuff Dub Encounter Chapter 3 (Cry Tuff/Daddy Kool, 1980)
  • Showcase in a Suitcase (Pre, 1980)
  • Livity (Pre, 1981)
  • Voice of Thunder (Trojan 1981)
  • Cry Tuff Dub Encounter Chapter 4 (Cry Tuff/Trojan 1981)
  • Musical History (Trojan 1983)
  • Musical Revue / Suns of Arqa Live with Prince Far I (1983)
  • Umkhonto We Sizwe (Kingdom/Tamoki Wambesi 1984)
  • Health and Strength (Pressure Sounds, 1998)

Compilation albums

  • Black Man Land (1990)
  • Dubwise (1991)
  • Cry Freedom Dub (1994)
  • In the House of Vocal and Dub with King Tubby (1995)
  • DJ Originators Head To Head Volume Two Prince Far I and Trinity (1996)
  • Megabit 25, 1922-Dub (1998)
  • Ten Commandments (1999)
  • The Golden Years 1977–1983 (1999)
  • Heavy Manners: Anthology 1977–83 (Trojan 2003)
  • Silver & Gold 1973-1975 (Blood and Fire, 2005)


quinta-feira, janeiro 28, 2021

THE AFRICANS

  




















-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

The Africans eram um grupo de reggae jamaicano dos anos 1970,formado por Keith Simms (foto) e W. Palmer que gravava nos selos Federal Records e Belmont. Gravaram singles como ''Cock Mouth Kill Cock '','' Have A Grand Time'',''Why Worry'', uma parceria com o mestre Joe Higgs:Joe Higgs / The African- ''The World Upside Down / Cock Mouth Kill Cock'',gravaram singles com artistas como Jah Lloyd,Joe Gibbs and The Professionals e Willie Lindo (o famoso guitarrista que também produziu alguns singles do The Africans..

---------------------------------------------------------------------------------

 https://en.wikipedia.org/wiki/The_Africans_(band)

https://www.discogs.com/artist/2412741-The-Africans


https://www.discogs.com/artist/5140344-Keith-Simms

-----------------------


Singles , EPs

The Africans - The World Upside Down / Cock Mouth Kill Cock album artJoe Higgs / The African* - The World Upside Down / Cock Mouth Kill Cock RooseveltRoosevelt1971
The Africans - Cock Mouth Kill Cock album artCock Mouth Kill Cock Sioux Records 1972
The Africans - Have A Grand Time album artHave A Grand Time Hatchet1972
The Africans - Why Worry album artWhy Worry Federal Records 1973
The Africans - Sweet Mary Lou album artSweet Mary Lou ‎(7")Federal Records FRM 3111973
The Africans -  Sun Shine Girl / Have A Grand Time album artJan Lloyd* / The Africans - Sun Shine Girl / Have A Grand Time ‎(7", Single)Lord KoosKOO 0121973
The Africans - Cool Im Dong album artCool Im Dong ‎(7")Treasure Islenone1974
The Africans - Get Wey De Duck Get album artGet Wey De Duck Get ‎(7", Single)Utah none1975
The Africans - Gathering album artGathering ‎(7")Wild Flower3901975
The Africans - King Of The Kongo album artKing Of The Kongo High Note1976
The Africans - Cool In Down album artCool In Down ‎(7")High Notenone1977
The Africans - Earth Runin album artEarth Runin Star Lite City1979
The Africans - Kong Pow / Maroon Rock album artThe Africans / Joe Gibbs and The Professionals - Kong Pow / Maroon Rock ‎(7")Belmont Recordsnone1979
The Africans - Life In The Ghetto album artLife In The Ghetto African 1980
The Africans - Final Blow album artThe Africans / Willie Lindo - Final Blow ‎(7")NuraN 0311982
The Africans -  Life In The Ghetto album artLife In The Ghetto ‎(7", RE)Star Light CityRF3482020
The Africans - Final Blow album artThe Africans / Willie Lindo - Final Blow ‎(7", RE)Star Light CityRF3442020
The Africans - Cock Mouth Kill Cock album artCock Mouth Kill Cock ‎(7", Single, RE)Star Light CityReggae FeverRF3402020
The Africans - Tribulation album artTribulation ‎(7")High NotenoneUnknown
The Africans - Sleeping In The Rain album artSleeping In The Rain ‎(7")Federal339Unknown