Translator

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

domingo, março 01, 2015

PIMENTAS DA JAMAICA

























-------------------------------------------------------------
A pimenta-da-jamaica (Pimenta dioica) é uma árvore que chega a medir até 10 metros, da família das mirtáceas. Tal espécie de árvore possui casca lisa e acinzentada, folhas coriáceas, flores em cimeiras axilares e frutos bacáceos. Nativa da América Central e Caribe, sua madeira é própria para o fabrico de bengalas, e a casca, os frutos e as sementes são estimulantes, carminativos, aromáticos e sucedâneos da pimenta-do-reino. Também é conhecida pelos nomes de murta-pimenta, pimenta e pimenta-de-coroa.  As folhas desta árvore têm aplicações medicinais (ex.: em males ginecológicos ou como analgésico) e no fabrico de cosméticos e perfumes. A madeira utiliza-se para construção de móveis e de edifícios rurais. As flores são úteis para a produção de mel e as árvores para o ensombramento de cafezais, como cercas vivas ou como ornamentais. É nativa dos neotrópicos aos quais se restringe a sua distribuição actual (México, Belize, El Salvador, Guatemala, Honduras, Nicarágua, Cuba e Jamaica). Culinária-
  O seu sabor é bastante apreciado e lembra a combinação de canela, noz-moscada e cravo-da-índia. O interior dos frutos contém duas sementes que depois de beneficiadas dão um sabor especial às conservas, e servem para condimentação de carnes e mariscos. A pimenta-da-jamaica branca é ideal para carnes brancas, maioneses e molhos brancos, por ser mais suave. A preta é indicada para carnes vermelhas. A pimenta moída serve para aromatizar bolos, biscoitos, pudins, carnes, sopas e molhos. A Jamaica é o maior produtor com cerca de 70% da produção mundial...
 A pimenta da jamaica é ideal para carnes,muito usada tradicinal cozinha jamaicana Jerk, e bifes de atum.  Para realçar o sabor da carne estufada, polvilhe moderadamente com um pouco desta pimenta.   A pimenta da jamaica em grão é também utilizada como um ítem botânico na preparação do gin..
 Allspice - Denominação que a língua inglesa confere à ‘pimenta-da-jamaica’, (Pimenta Dioica) frutinha caribenha que é seca e usada como condimento picante. Mesmo considerada como uma pimenta, transmite mais sabor do que pungência e combina aromas de diversas ervas, como o cravo e a canela, o que justifica a sua denominação no mercado internacional...
 Escala Scoville  – O nível de concentração é medido por uma escala elaborada pelo cientista Wilbur Scoville, em 1912, que, entre um mínimo de 100 e um máximo de 16 milhões de pontos, coloca pimentas como a “habanero” e a Jamaicana “scotch bonnet” (segunda foto) entre as mais picantes do mundo..
 A Scotch Bonnett é uma Pimentinha amarela e caliente, que, como o próprio nome sugere, tem a forma bojuda de uma boina escocesa. Integra praticamente todas as receitas picantes do receituário jamaicano, proporciona um molho industrializado que apela por sua bela cor amarela..
 Pimentas scotch bonnet jamaicanas têm um alto nível de capsaicina e são uma das pimentas mais picantes. A capsaicina é uma substância química presente na pimenta; é ela que cria o ardor típico desse vegetal. O nível de capsaicina é medido pela escala de scoville, que é determinada pela quantidade de água com açúcar necessária para diluir a pimenta..
 Nível Scoville - A classificação Scoville da scotch bonnet é de 150.000 a 325.000 unidades, o que é um ardor intenso! Para se ter uma ideia, a famosa pimenta jalapeno mede apenas 2.500 a 8.000 unidades. Apesar da scotch bonnet ser muito picante, ainda fica bem atrás da pimenta conhecida mais picante que existe, a Naga Viper, que mede entre 800.000 a 1.360.000 unidades da na escala scoville. Quando essas pimentas são desidratadas para que durem mais, mantêm seu ardor.  Aparência  -As pimentas scotch bonnet têm esse nome porque as pimentas se parecem com uma boina feminina. Elas medem entre 3,5 cm a 5 cm de diâmetro, e tem quatro ou cinco lóbulos na parte de cima. Seus talos não passam de 3 cm e têm uma coloração que varia do amarelo vivo ao laranja ou vermelho. As scotch bonnets são colhidas ainda verdes, com uma cor viva.  História - A pimenta scotch bonnet é conhecida também como "pimenta cabra" desde 1767, por causa de seu aroma adocicado e único, que se parece com o de uma cabra. Acredita-se que essas pimentas sejam originárias da América Central ou do Sul, mas atualmente elas são cultivadas por toda a Jamaica, pois são usadas tão frequentemente lá como em pratos jamaicanos à base de carne seca, e porque se adaptam bem ao clima tropical-  Usos - As pimentas scothc bonnet são usadas em vários molhos picantes e extratos, para criar molhos extremamente picantes. São frequentemente misturadas com outras pimentas, para criar molhos mais suaves ou mais picantes, a gosto. As pimentas picantes e adocicadas são também usadas em ensopados e molho picantes servido com frango, porco ou carne bovina. Para quem tolera bem alimentos picantes, a scotch bonnet oferece um sabor adocicado intenso de pimenta, que dá um sabor fresco e que complementa vários ingredientes...
A pimenta-da-Jamaica (Pimenta dioica) é também conhecida como pimenta-jamaicana, pimentão, pimenta-do-cravo-da-Índia, pimento, allspice e jamaica pepper (inglês), dentre outros nomes populares. Pertence a família Myrtaceae. 
Benefícios da pimenta-da-Jamaica - Na medicina popular, o extrato do óleo da pimenta  jamaicana é aplicado diretamente na área de uma dor de dente, agindo como um anestésico natural, que também se aplica quando a pimenta é usada em forma de erva de banho para dores musculares. É misturada com outras ervas e aplicada em forma de cataplasma para tratamento de reumatismo, seguido de compressas. A pimenta-da-Jamaica é rica em vitamina C, vitamina B1, vitamina B2, além de betacaroteno.  Na cosmética, o extrato da pimenta-da-Jamaica é utilizado na fabricação de perfumes e águas-de-colônia (principalmente para homens, devido a composição da fragrância), além de compor quimicamente alguns produtos para limpeza bucal.  Na culinária, a pimenta-da-Jamaica é utilizada em bolos, molhos picantes, pudins, conservas, tortas, guisados e como tempero em geral. Seu sabor se assemelha a uma combinação de canela, cravo-da-Índia e noz-moscada..
 -------------------
 http://pt.wikipedia.org/wiki/Pimenta-da-jamaica
http://www.eatinout.com.br/pode-vir-quente/comment-page-1/
http://www.ehow.com.br/pimentas-scotch-bonnet-info_240352/
Pimenta-da-jamaica
Folhas e frutos da Pimenta-da-Jamaica

Folhas e frutos da Pimenta-da-Jamaica
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Ordem: Myrtales
Família: Myrtaceae
Género: Pimenta
Espécie: P. dioica

sábado, fevereiro 28, 2015

SKIP MARLEY

  
---------------------------------------------
Skip Marley é  filho de Karen Marley(filha de Rita Marley e adotada por Bob),neto de Bob e Rita Marley , tem 16 anos de idade, é um filho maravilhoso, Skip, que é nomeado para o apelido do seu avô "Skipper"...
Skip Marley já começou sua carreira artística e lançou músicas como ´´Cry To Me´´ e ´´The Get Together´´ e atuou no show  The Get Together Miami ,em 15 de Fevereiro de 2015..
-----------------------

sexta-feira, fevereiro 27, 2015

I AM THE GORGON (Documentário)

























 --------------------------------------------------------------
´´I Am The Gorgon´´ é um longa-metragem de música ,um filme documentário dirigido por Diggory Kenrick com o lendário produtor jamaicano Bunny "Striker" Lee And The Roots of Reggae,contando a sua trajetória e a história , foi narrado por Dennis Alcapone,e estrelando Bunny "Striker" Lee, Dennis Alcapone, U Roy, Lee "Scratch" Perry, Sly e Robbie, Johnny Clarke, Horace Andy, Cornell Campbell,Scientist, King Jammy e John Holt..
 Direção de Diggory Kenrick..
--------------------------
http://www.iamthegorgon.com/

quinta-feira, fevereiro 26, 2015

CALABASH JAMAICANA



















  ----------------------------------------------------------------------------------
 A cabaça (Calabash), nome cintífico Lagenaria siceraria (sinônimo Lagenaria vulgaris Ser.), também conhecida como abóbora opo ou melão longo , é uma videira cultivadas por seus frutos, que podem ser colhidas jovens e usado como um vegetal , ou colhida madura, seca, e utilizado como uma garrafa, do utensílio, ou tubo. A fruta fresca tem uma pele lisa verde claro e uma carne branca. Variedades mais redondas são chamados cabaças cabaças. Eles vêm em uma variedade de formas: podem ser enormes e arredondados, pequena e em forma de garrafa, ou magro e serpentina, mais de um metro de comprimento. Cabaças são freqüentemente chamadas de "cabaças", mas isso é incorreto; cabaças (Crescentia cujete) são o fruto da árvore, enquanto cabaças (Lagenaria) crescem em videiras. A cuia era uma das plantas cultivadas em primeiro lugar no mundo, não cultivadas principalmente na alimentação, mas para ser utilizado como um recipiente de água. A cabaça pode ter sido levado da África para a Ásia, Europa e nas Américas no decurso da migração humana , ou por sementes flutuantes através dos oceanos dentro da cabaça. Provou estar no Novo Mundo antes da chegada de Colombo.
 Escavadas e secas cabaças são um utensílio muito típico em domicílios em toda a África Ocidental. Elas são usadas ​​para limpar arroz, transportar água, e como recipientes para alimentos. Os tamanhos menores são utilizados como taças para beber vinho de palma .  Eles também servem como ressonadores debaixo do balafon (Oeste Africano marimba ). A cabaça é usado também em fazer a shegureh (o chocalho das mulheres de Serra Leoa ) , e balangi (um tipo de balafon de Serra Leoa ) instrumentos musicais. Às vezes, grandes cabaças são simplesmente escavadas, secas, e usado como instrumentos de percussão, especialmente pelos Fulani , Songhai , Gur -Falando e povos Hausa. Na Nigéria , a cabaça foi usado para evitar a lei que exige o uso de um capacete em uma motocicleta.  Na África do Sul , é comumente usado como um recipiente de beber por tribos, como os Zulus. Tribo de crianças Erbore na Etiópia usam chapéus feitos de cabaça para protegê-los do sol. O estádio Soccer City, que sediou a Copa do Mundo da FIFA de 2010 na África do Sul,seu formato foi inspirado na cabaça..
 Na América Central , as sementes da cabaça são torradas e moídas com outros ingredientes (incluindo arroz, canela, pimenta da Jamaica e) para fazer a bebida horchata..
   O Calabash é usado principalmente para utensílios, como copos, tigelas e bacias em áreas rurais. Ele pode ser usado para o transporte de água ou pode ser feita para os itens que transportam, tais como peixes, quando a pesca. Em alguns países do Caribe, é trabalhado, pintado e decorado como sacos de ombro ou outros itens por artesãos, e vendidos aos turistas. Na Jamaica, também é uma referência para o estilo de vida natural dos rastafaris . Como um copo, tigela, ou mesmo um water-pipe ou " bong ", a cabaça é considerada consistente com o" Ital "ou estilo de vida vital de não usar produtos refinados, como o sal de mesa, ou utilizando métodos de cozinha modernos, como microondas. No Haiti, a planta é chamada kalbas kouran, literalmente, "correndo cabaça", e é usado para fazer o chocalho sagrado emblemático do sacerdócio Vodu, chamado asson. Como tal, a planta é altamente respeitado. É também a árvore nacional de St. Lucia,no Caribe..
---------------------
en.wikipedia.org/wiki/Calabash
--------------------

quarta-feira, fevereiro 25, 2015

LEGALIZAÇÃO DA GANJA NA JAMAICA

 ------------------------------------------------------------------------
Legisladores jamaicanos passaram uma lei tornando a maconha em pequenas quantidades, uma ofensa insignificante ao invés de um crime.
Legisladores Jamaicanos  aprovaram uma lei para descriminalização pequenas quantidades de maconha ,e estabelecer uma agência de licenciamento para regular uma indústria de cannabis médica legítima na ilha.
Após várias horas de debate, os legisladores na câmara baixa na terça-feira deram passagem final para alterações de lei de drogas que fazem a posse de até 2oz (56,6 g) da maconha um crime mesquinho que não resultaria em uma ficha criminal. Cultivo de plantas de cinco ou menos em quaisquer instalações seria permitido na Jamaica, onde a droga tem sido culturalmente arraigada, mas ilegal.
A lei abre caminho a uma autoridade de licenciamento ser configurado para lidar com regulamentos sobre cultivo e distribuição de maconha para fins médicos, científicos e terapêuticos.
Os Rastafaris também legalmente podem usar maconha para fins religiosos pela primeira vez na ilha, onde o movimento espiritual foi fundado na década de 1930. Turistas que prescreverem maconha medicinal no exterior poderão requerer licenças a um custo que permitam a legalmente comprar pequenas quantidades de "ganja", como é conhecido localmente.
Peter Bunting, Ministro de segurança nacional da ilha, disse que o governo jamaicano não tinha planos de suavizar a sua posição sobre o narcotráfico transnacional ou cultivo de parcelas ilegais.
"A passagem desta legislação não cria cada um por si no crescimento, transporte, tratamento ou exportação de ganja. As forças de segurança continuarão a aplicar rigorosamente a lei jamaicana consistente com nossas obrigações de tratado internacional,"Bunting disse no Parlamento.
William Brownfield, Subsecretário americano para assuntos de luta contra os narcóticos, disse antes da votação que "A lei jamaicana é clara nos negócios da Jamaica e decisão soberana da Jamaica". Mas ele observou que o tráfico de maconha para os EUA permanece ilegal.
Anúncio:
"Esperamos que a Jamaica e as convenções de drogas da ONU todos os Estados sustentarão as suas obrigações, incluindo um compromisso firme para o combate e desmantelar as organizações criminosas envolvidas no tráfico de drogas," ele disse.
Por décadas o debate tem assola na Jamaica sobre relaxante leis que proíbe ganja. Esforços anteriores para pequenas quantidades de descriminalização tem sido afundados porque funcionários temiam que eles iria violar tratados internacionais e trazer sanções de Washington.
Mas após alterações em outros países, funcionários jamaicanos esperam que a ilha pode tornar-se um jogador na indústria nascente maconha medicinal, turismo de saúde e o desenvolvimento de inovadores itens derivados de maconha. Cientistas locais têm uma história de criação de produtos derivados de maconha, como "Canasol", que ajuda a aliviar a pressão nos olhos dos pacientes de glaucoma.
Na terça-feira o ministro de comércio jamaicano, Anthony Hylton, disse que a indústria realizará o "grande potencial" para a Jamaica, que está trabalhando em seu mais recente programa de empréstimo com o Fundo Monetário Internacional.
Na terça-feira, o Alaska tornou-se o terceiro estado americano a legalizar o uso recreativo da maconha para adultos. Mais do que 20 Estados dos E.U.A. permitem alguma forma de maconha medicinal e em 2014 Colorado e Washington legalizaram o uso pessoal.
Em outro lugar nas Américas, o Uruguai em 2014 se tornou a primeira nação a criar um mercado de maconha legal. Na Argentina posse pessoal foi descriminalizada sob uma cadeia de decisão do Tribunal de Supremo em 2009, foi mudada a lei para pequenas quantidades de drogas na constituição do país...
 O diretor da nacional Cannabis comercial e Medicinal Research Taskforce disse que esperava que o projeto passaria em breve no Parlamento, onde o partido governante do Portia Simpson Miller detém uma maioria de 2-1...
----------------

CAPTURE LAND
















 -----------------------------------------------------------------
Capture Land,um filme curta-metragem por Nabil Elderkin ,foi inspirado pelas palavras do falecido Nelson Mandela, e pela  canção 'Capture Land' pelo artista jamaicano Chronixx. Capture Land foi filmado no início de novembro de 2014 na comunidade muito acolhedora e histórica de Port Royal,em Kingston,Jamaica.  Apresentado pela Montblanc,Capture Land foi feito como parte da série The Power of Words. Em parceria com o Instituto de cinema Tribeca e a Fundação Nelson Mandela, esta iniciativa inspira cineastas para explorar o legado escrito de figuras influentes como fonte de história e usando a película como uma ferramenta de educação. Em seu ano inaugural, a série vai olhar para os ensinamentos e escritos de Nelson Mandela como inspiração para a história. Tribeca Film Institute, Fundação Nelson Mandela, e Out of Africa..
Estrelando Sheldon Shepherd do grupo jamaicano No-Maddz no papel de Tocky, Everaldo "Evie" Creary (Samuel), Christopher "Birdheye" Gordon (Robbie) também do No-Maddz..
  Esta curta-metragem é um testemunho da potência das mensagens dentro da nova onda de música que vem da Jamaica. Mensagens que são tão potentes e tão relacionáveis ​​eles começam a se manifestar e ecoam outras formas de arte. Confira o vídeo abaixo:
-------------------------

terça-feira, fevereiro 24, 2015

TREVOR McNAUGHTON


















(From left) Trevor McNaughton, Taurus Alphanso and Winston Dias.
 ------------------------------------------------------------------------------------
Quando Tony Brevett morreu em outubro de 2013, deixou Trevor McNaughton como o único sobrevivente dos The Melodians, um dos grupos de grande harmonia do reggae. O outro membro original, Brent Dowe, faleceu em janeiro de 2006.  McNaughton, quem iniciou o grupo em 1963, não estava pronto para desistir. Depois de realizar a solo no ano passado nos Estados Unidos, Canadá e Europa, ele recrutou Winston Dias e Alphonso Taurus para reviver o grupo e atualmente está gravando músicas para um álbum com o produtor Willie Lindo no sul da Flórida.  Até agora, fizeram versões frescas de Sweet Sensation e You Don't Need Me,, dois dos maiores hits do The Melodians para a Heavybeat Records de Lindo. Lindo estava trabalhando em novo material com o grupo quando Dowe e Brevett morreram.  " Encontrar o som do The Melodians não pode ser como perfeito sem Brent e Tony, mas é bem-vindo," disse McNaughton de sua casa no sul da Flórida.  Como McNaughton, Dias e Alphonso são residentes de longa data do estado da luz do sol. Dias tinha uma canção (Cericy Tea) com o grupo harmonia que The Movers durante o final dos anos 1960, antes de migrar para o Canadá onde viveu durante 10 anos, então estabeleceu-se em Fort Lauderdale,Flórida.  Gravou esporadicamente, funcionou uma boate bem sucedida e até mesmo em turnê como membro do lendário grupo de rap The Drifters.  Nascido em Kingston, conheceu o The Melodians em 1968, quando o grupo estava entre os artistas mais quentes na Jamaica.  Originalmente de Mocho, Clarendon, Alphonso fez sua estréia de gravação na década de 1970 com o single auto-produzido ´´ Jesus is a Soul Man´´ e também foi membro de um trio de harmonia chamado The Mellow Tones. Ele tem dois álbuns solo  Strong, Gifted e Black and Survivor .Dias reconheceu o fato de que ele e Afonso têm grande responsabilidade. Dowe e Brevett cantaram na pista sobre alguns dos hits clássicos dos The Melodians, incluindo Swing and Dine, Little Nut Tree, You Don't Need Me, e a espiritual By The Rivers of Babylon tirada da trilha sonora de The Harder They Come.  "É definitivamente uma tarefa, mas nos sentimos grandes, ele disse...
 -Howard Campbel
---------------------------------------
 http://www.jamaicaobserver.com/entertainment/Return-of-The-Melodians_18405369
-----------------------------------------
 http://www.discogs.com/artist/644677-Trevor-McNaughton

segunda-feira, fevereiro 23, 2015

.JUNIOR ´´SHINDIG´´ SINCLAIR
























 ---------------------------------------------------
Muitas pessoas não podem se orgulhar de ter uma carreira de sucesso na indústria da música por mais de quatro décadas. Cantor, compositor, radialista, promotor e MC extraordinário, Junior 'Shindig' Sinclair é uma das poucas pessoas que detém esta distinção. O nativo humilde Manchester tem visto e feito tudo musicalmente falando. "Eu comecei a cantar quando eu era um estudante na Escola Superior Holmwood em 1968. No ano seguinte, me formei e me juntei a Young Generation Band como vocalista. De 1976 em diante, eu também  me apresentei como cantor e MC dividindo o palco com os gostos de Delroy Wilson, The Mighty Diamonds, Brent Dowe, Derrick Morgan, Beres Hammond, Lloyd Parkes  and We The People Band e Fab 5. Junior 'Shindig' Sinclair fez sua primeira gravação em 1976 com uma canção apropriadamente intitulada ´´The Beginning of it All´´, que foi gravada no Black Ark Studio de Lee ´Scratch´ Perry. Quatro anos depois, ele deixou a Jamaica para o Canadá, onde estudou Radio e TV radiodifusão no Instituto Nacional de Radiodifusão, em Toronto. Depois que ele se formou ,Sinclair trabalhou em duas das maiores estações de rádio de Toronto. "Depois que eu migrei em 1980,  fui para a escola, para estudar a transmissão, depois que trabalhei nas rádios CHAO 790 AM e 94,9 FM CKQT, onde apresentava o Baile Show, que foi muito popular entre a comunidade caribenha, em Toronto. Durante esses dias, eu também era o vocalista de uma banda chamada ''Now Generation Band ". Movendo-se para viver em Atlanta, Georgia, em 1990, ele foi convidado para ser o vocalista para  a Banda original do  Studio One de Coxsone Dodd com músicos lendários  como Tommy McCook e o baterista Joe Isaacs. "Trabalhar com a Studio One Band foi uma experiência incrível, a banda estava muito ocupado realizando em todo os EUA com os gostos de Burning Spear, John Holt, Ken Boothe, The Melodians e tantos outros. Eu também fiz um monte de trabalho como um MC naqueles dias também ", disse Sinclair. Em 2001, o jamaicano patriótico retornou à sua terra natal. Desde então, ele tem sido muito ocupado promovendo shows vintage e trabalhando como um MC, enquanto divide sua carreira de cantor com seus deveres como o vice-presidente da The Jamaica Association of Vintage Artistes And Affiliates (JAVAA). Junior 'Shindig' Sinclair  lançou recentemente um projeto de gravação na sua nova marca intitulado´´ National Heroes´´. O CD de sete faixas que foi lançado através VP Records, destaca as grandes obras e sacrifícios que foram feitos pelos nossos heróis nacionais. "Eu tenho dito por muitas pessoas que este CD é adequado para todos os cidadãos deste país e que deve ser tocado em cada casa e cada escola para o benefício dos jovens da Jamaica,disse Sinclair..
----------------------
http://www.jamaicavibez876.com/2014/12/junior-shindig-sinclair-pays-tribute-to.html
-----------------------------
DISCOGRAFIA
Singles
The Beginning of it All- Black Ark  -1976 
 Let the Reggae Music Play-2014
Álbum 
National Heroes-2014-℗ Shindig Island Productions

domingo, fevereiro 22, 2015

DONALD DENNIS
















------------------------------------------------------------------------
Donald Dennis é o baixista da banda jamaicana The Firehouse Crew,e igualmente tocou o baixo com nomes como Gregory Isaacs,Marcia Griffiths,Judy Mowatt,Bushman,Israel Vibration,Duane Stephenson,George Nooks,The Wailing Souls,Sizzla,Gentleman,Toots and The Maytals,Fred Locks,Freddie McGregor ,Beres Hammond,Willie Williams,Tarrus Riley,Capleton,I-Wayne,Spider Man and Super Man,Charlie Chaplin,Sanchez,Cocoa Tea,Luciano,Benaiah,Eek-A-Mouse,Maxi Pries,Dean Fraser ,Sugar Minott e muitos outros artistas...
Dennis além do baixo,também toca os teclados,guitarra,piano,bateria,trumpete,e é compositor
----------------------------------------
 http://www.allmusic.com/artist/donald-dennis-mn0000183768/credits
Alguns Créditos

 2014 MTV Unplugged Gentleman -Composer
2014 Penthouse Records: The Journey Continues – 25 Years- Composer
2013 Ancient Power Meta and the Cornerstones- Bass
2013 The Messiah Sizzla- Composer, Musician
 2013 Total Reggae: Ragga- Composer
2012 Forever My King Positive- Bass
2012 Live Your Life Gentleman- Composer
2012 Marcia Griffiths and Friends Marcia Griffiths- Bass, Keyboards
2012 Mental Maintenance Konshens- Bass
 2012 The System Romain Virgo- Bass
2011 Bushman Sings the Bush Doctor: A Tribute to Peter Tosh Bushman - Bass
 2011 Classic Reggae: The Soundtrack to Jamaica - Composer
 2011 Life Teachings I-Wayne - Bass
 2011 Reggae's Gone Country - Bass
2010 Black Gold Duane Stephenson- Bass, Composer
 2010 Diversity Gentleman- Bass
2010 Flip and Twist Toots and the Maytals- Bass
2010 I-Ternal Fire Capleton- Bass
2010 Romain Virgo Romain Virgo- Bass
2009 Ghetto Youth-Ology Sizzla -Bass Instrument, Keyboards
2009 Rasta Got Soul Buju Banton - Bass, Guitar (Bass)
 2009 Reggae Legends Sanchez- Bass, Keyboards
2008 Get It in Your Mind Bushman- Guitar (Bass)
2008 Glorify the Lord Fred Locks -Bass, Keyboards
2008 Smiling Africa- Bass
2008 Tables Turn Benaïssa- Bass Instrument
2007 Book of Life I-Wayne -Bass, Guitar (Bass), Main Personnel
2007 Gangsta for Life: The Symphony of David Brooks Mavado - Bass
2007 I Wish Carl Henry- Composer
2007 I-Space Sizzla- Main Personnel, Musician
2007 Jah Guide Natural Black - Main Personnel, Musician
2007 Kings of Reggae, Pt. B David Rodigan Composer
2007 Made in Jamaica -Composer
2007 New Beginning Benaiah -Bass
2007 Real Life Story Stitchie- Bass
 2007 Reggae Salute Sizzla- Musician
2007 Stamina Israel Vibration -Bass
2007 Take It Easy Michael "Kane Juice" Marsh- Bass
2007 True Reflections...A New Beginning Jah Cure Bass, Guitar (Bass), Keyboards, Main Personnel 2006 Born for This Turbulence- Composer, Musician
 2006 Child of a King- Luciano- Musician

sábado, fevereiro 21, 2015

PAUL ´´WRONGMOVE´´ CROSSDALE



 ------------------------------------------------------------------------
Paul ´´Wrongmove´´ Crossdale,instrumentista jamaicano, é o tecladista do grupo Firehouse Crew,e é também conhecido como ´´Wrightmove´´..
Crossdale além de sua banda, já trabalhou,ou trabalha,com grandes nomes do reggae como The Gladiators,Beres Hammond,Anthony B,Everton Blender,Buju Banton,Capleton,e gravou alguns singles com esses artistas..
Também participou do álbum tributo  ´´A Tribute To Reggae's Keyboard King Jackie Mittoo´´,interpretando ´´Darker Shade´´...
E igualmente da coletânea ´´Jumbie´´de 2003 do selo Greensleeves (Andre "Suku" Gray, Paul "Wrongmove" Crosdale e Frenchie)  com Jumbie Rhythm....
----------------
http://www.discogs.com/artist/424599-Paul-Crossdalehttp://www.discogs.com/artist/424599-Paul-Crossdale

Singles , EPs


Version (as Paul Crosdale) Anthony B.* - Rumour(7") Star Trail STA 098 1996

Praises / Blood (Version) (as Paul and 2 more… Buju Banton - Blood In Di Bay(7") Gargamel Music none 2002

Rose Garden (Version) (as Paul Crosdale) Beres Hammond - Rose Garden(7") Star Trail, Star Trail SRT 764252, STA 094 Unknown

Mad Monkey (as P. Crosdale) Capleton - Stay Mute(7") Asylum (3), Asylum (3) ASY 0012, MSC 328361 Unknown

Version Everton Blender - Piece A Di Blender(7")  Star Trail STA 095 Unknown